A CAIXA Cultural Brasília recebe o Ciclo de Literatura Afetiva, Expandida, Contemporânea.

O Ciclo de Literatura Contemporânea chega a CAIXA Cultural Brasília de 15 a 21 de outubro com diálogos, oficinas e show. O projeto vai abordar a condição contemporânea de mutação do objeto livro e os trânsitos da literatura entre outras linguagens artísticas.

Mediadora Tatiana Nascimento. Foto: Thaís Mallon
A proposta é focalizar na literatura expandida, de olho nos novos autores de blogs e redes sociais, na utilização literária na música e nas artes visuais. A programação traz autores de Minas Gerais, Pernambuco, Goiás, Rio de Janeiro e São Paulo, em debates e oficinas gratuitas. A formação de público para a literatura é contemplada com um espaço voltado para o intercâmbio de ideias e a formação do público. As escolas públicas participam da "Oficina Laboratório de Poemas" com Renato Negrão (MG), que incentiva o contato desde cedo com as letras.
Vale se agendar para a maratona pelo mundo da leitura que tem início com a Oficina de produção literária com David Biriguy (PE) nos dias 15 e 16 de outubro. A Mesa 1 (16 de outubro) aborda o tema "Literatura expandida - Novos formatos de escrita" com Clara Averbuck (SP). Já a Mesa 2 (17 de outubro) trata da "Poesia, Política e Redes Sociais"  e traz Walacy Neto (GO) e David Biriguy (PE). A Mesa 3 (18 de outubro) fala sobre "Clarice em perspectiva – O Rio de Clarice" com Teresa Montero (RJ). A Mesa 4 (19 de outubro) apresenta a "A fala na poesia e na canção" com Renato Negrão (MG) Luiz Tatit (SP), que também será responsável pelo encerramento do evento, com show no Teatro da CAIXA Cultural no sábado (20 de outubro).

O Ciclo de Literatura Contemporânea foi idealizado pela produtora cultural e pesquisadora Izadora Fernandes e homenageia Clarice Lispector. “Fiz da língua portuguesa a minha vida interior, o meu pensamento mais íntimo, usei-a para palavras de amor.” Revela Clarice Lispector em crônica do livro “A Descoberta do Mundo”.
Izadora Fernandes detalha como surgiu o Ciclo de Literatura Contemporânea que finalmente chega a Brasília:

“Desde o surgimento da palavra, seus meios de difusão renovam e se
revezam, nascidos da experimentação e dos avanços tecnológicos, alguns
valorizam mais a oralidade, enquanto outros, a escrita. A palavra é alicerce
para o conceito, a canção, o roteiro, a dramaturgia. Pode ser falada, escrita,
gesticulada e veiculada em crescente número de mídias.

Como advento da informática e da rede mundial de computadores, tanto a maneira de
se redigir quanto de se produzir e consumir o livro vem mudando fatalmente.
Divulgam-se escritos inéditos em blogs e sites quase em tempo real, tweetam-se poemas, escrevem-se romances interativos a centenas de mãos.

Por outro lado, pode-se acompanhar o crescimento da apropriação da literatura pelo
cinema e pela televisão de forma muitas vezes respeitosa, mantendo-se o clima
sugerido pelo autor. A poesia vem ampliando seu espaço na música, a ponto do
compositor Luiz Tatit ser conhecido por suas letras que determinam o pulso de suas composições.”

Mais informações: (61) 99326-6390 – Acha Brasília.
O quê: Ciclo de Literatura Afetiva, Expandida, Contemporânea;
Quando: De 15 a 21 de outubro de 2018
Onde: CAIXA Cultural Brasília – Galeria Principal. Endereço: SBS Quadra 4, Lotes 3/4, Edifício anexo à matriz da CAIXA
Show “Tatit, voz e violão”- Show de encerramento com Luiz Tatit (SP)
20 de outubro (sábado) às 20 horas - “Tatit, voz e Violão”

Local: Teatro da CAIXA Cultural
Ingressos: R$ 30,00 (inteira) e R$ 15,00
(meia-entrada para estudantes, professores, funcionários e clientes Caixa e pessoas acima de 60 anos)
Classificação Indicativa: Livre 
Programação Completa: ciclodeliteratura.art.br

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem