terça-feira, 11 de dezembro de 2018

MERIELE ESTREIA COM ÁLBUM SOL DOS AMANTES

O encontro da poesia e da música de raiz nordestina com o rock, o pop, o jazz e muito mais.


Meriele. Créditos: Bento Viana
De timbre e voz extremamente afinada, a interprete passeia com naturalidade pelo universo eclético da música e com sensibilidade à atemporalidade poética

Meriele, nascida na cidade do Cabo de Santo Agostinho, Pernambuco, cresceu em ambiente musical, com o pai (Paulo Matricó) e mãe (Sevy Nascimento) cantores profissionais. Em Recife, participou de bandas e gravou vocais com artistas como Amelinha. Em Brasília, sua trajetória musical continua e seu lar é mais uma vez um ambiente musical, onde ao lado do marido (João Santana, músico, escritor e repentista) tem a música como traço marcante da família e o filho de seis anos de idade já compõe melodias e letras.

Dentre as faixas do CD estão composições do poeta pernambucano consagrado Oliveira de Panelas e Marcopolo, do grupo Ave Sangria de Recife. Também compõem o álbum obras de músicos de Brasília como João Santana, músico, produtor, escritor, compositor e repentista de notoriedade na cidade, e Paulo Matricó, pernambucano que, radicado em Brasília, desenvolveu sua musicalidade e poesia de matriz nordestina sob fortes influências da Capital.

A música que dá nome ao álbum, Sol dos Amantes, é uma composição de Paulo Matricó e Anchieta Dali, cuja inspiração perpassa o ritmo do baião e a poesia nordestina sob influências da experiência do músico na Alemanha e dá à mesma caráter de música universal. Com tom lírico e romântico, retrata que “o sonho a dois é real quando nasce a manhã… clara como raia o Sol… …é mais que um romance, mais que um instante etéreo, é pleno, é terno…”. A partir dessa abordagem universal, lírica e romântica da música título do álbum, foram selecionadas as demais composições.

Ganham destaque também as músicas A Menina Dança, de Galvão, Amor Cósmico, de Oliveira de Panelas, Vem Ser Navegador, música de Marcopolo com arranjos de João Santana e Ocelo Mendonça, e Alma Diamante, de João Santana e seu filho Lúcio composta, especialmente para a interprete. Lúcio surpreende com a criação de melodias autênticas e contagiantes que, por sua vez, são amalgamadas com letras que condensam a experimentação poética e musical eclética do artista brasiliense polivalente João Santana.

O álbum conta com arranjos e direção musical de Ocelo Mendonça em parceria com João Santana. Tem participação da cantora, compositora e professora de canto Valéria Klay, na direção de voz e interpretação, das cantoras Clara Nogueira e Érika Cortez e dos instrumentistas Cacau Alencar, Ytto Morais e Fernando Fernandes, além do sanfoneiro Derico Alves, de Recife, ex-integrante do Quinteto Violado. A produção é de João Santana. As gravações foram feitas nos estúdios Casa do Som (Dudu Maia), Sonar, Astrals Music e G2d, com mixagem de Ricardo Ponte. Sol dos Amantes será distribuído pela Tratore e constará em lojas físicas e em todas as principais plataformas de streaming como Spotify e Deezer.

Ficha técnica: 
Voz: Meriele
Produção artística e executiva: JOÃO SANTANA
Arranjos e direção musical: OCELO MENDONÇA e JOÃO SANTANA
Direção de Voz: VALÉRIA KLAY

Músicos
YTTO MORAIS percussão e bateria
FERNANDO RODRIGUES contrabaixo
CACAU ALENCAR guitarra e violão de 12 cordas
DERICO ALVES sanfona
CLARA NOGUEIRA vocais
ÉRIKA CORTEZ vocais
JOÃO SANTANA violões de nylon e aço, metalofone e vocais
OCELO MENDONÇA violino, viola, violoncelo, contrabaixo acústico, flauta transversal e harpa

Gravação de voz: DUDU MAIA – Estúdio Casa do Som
Gravação de instrumentos: FERNANDO RODRIGUES – Estúdio Sonar
Gravação de vocais

SASCHA KRATZER – Estúdio Astrals Music
DENIEL MORAIS – Estúdio G2d
Mixagem e Masterização: RICARDO PONTE
Figurino: NÁDIA IRINEU e MERIELE
Maquiagem: BARBARA SOUZA
Projeto gráfico: OSMIR VIEIRA


Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis