sexta-feira, 15 de fevereiro de 2019

7 DICAS PARA ADAPTAR O CORPO PARA O FIM DO HORÁRIO DE VERÃO

Atrasar o relógio em uma hora pode causar alterações na qualidade do sono e no funcionamento natural do organismo.



Imagem reprodução 
Com o fim do horário de verão no próximo final de semana, à meia noite de sábado (16) os relógios deverão ser atrasados uma hora. Brasileiros residentes das regiões sul, sudeste e centro-oeste, regiões em que vigora o horário de verão, sentem os reflexos da mudança nos hábitos cotidianos. Segundo especialistas, esta alteração no relógio afeta diretamente a qualidade do sono e o funcionamento natural do organismo.

De acordo com Sérgio Pontes, médico pneumologista e especialista em medicina do sono, da Aliança Instituto de Oncologia, o nosso organismo sofre mais quando adiantamos o relógio do que quando o atrasamos. “Estamos propensos a dormir mais tarde do que acordar mais cedo, porém isso não é uma regra”, pontua.

Para evitar a perda de sono após esta mudança, o especialista separou algumas dicas. Confira:

- Dias antes da mudança tente dormir 10 minutos mais cedo, gradativamente, para que o organismo não sinta a alteração abrupta de 1h;

- Evite a desidratação, pois a água também ajuda na disponibilidade de energia e evita o cansaço;

- No período da noite, evite atividades exageradas à noite tipo exercícios intensos e leitura longa;

- Atividades físicas leves como: caminhada e alongamento podem ajudar com um efeito relaxante;

- Próximo à hora de dormir, evite ingerir alimentos pesados e com estimulantes como: café, chocolate, chá preto e chá verde;

- Na hora de deitar deixe o ambiente no quarto bem escuro, silencioso, com boa temperatura e confortável;

- Evite assistir TV ou usar celular e computador no quarto de dormir.

Além das alterações consideradas normais, o médico cita ainda outros problemas, como ronco, insônia, apneia, sonolência excessiva diurna, hipertensão e arritmia. “É importante procurar um médico do sono para uma avaliação adequada”, complementa.

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis