domingo, 24 de março de 2019

AUTORES DE BRASÍLIA LANÇAM FICÇÃO DE REALISMO FANTÁSTICO

Crônicas de Luthera Gellian (divulgação)
Os autores Eddy Samadhi e Hikes, pai e filho, lançam em abril próximo o primeiro livro de ficção da tetralogia Crônicas de Luthera. O romance chama-se Gellian e surgiu do entusiasmo dos autores com o mundo da denominada literatura de realismo fantástico, uma das origens e inspiração dos videogames, jogos eletrônicos e virtuais, plataforma dos jogos RPG (role playing games).

Eddy Samadhi e Hikes moram em Brasília desde 2000 e têm o livro publicado pela Tagore Editora, com recursos do Fundo de Apoio à Cultura, FAC, da Secretaria de Cultura do DF. A primeira noite de autógrafos será no dia 9 de abril, às 19h, no restaurante Carpe Diem da 104 Sul. (veja serviço e ficha técnica no final).

Eddy Samadhi nasceu há 51 anos em Araruna, Paraná, e foi nas bibliotecas da cidade que descobriu o mundo das historias em quadrinhos, tornando-se leitor de tudo o que lhe passava pelos olhos. Hoje, declara-se especialmente interessado nos personagens da Marvel e, na literatura, manifesta sua preferência pelo clássico O Senhor dos Anéis, saga do escritor britânico J.R.R. Tolkien. Atualmente, é Analista em Tecnologia da Informação no Banco do Brasil.

Seu filho, Hikes, foi criado no meio dessas leituras e desde cedo passou a criar suas próprias historias, iniciando-se autodidaticamente na criação de jogos RPG, linguagem na qual é hoje um mestre. Em literatura, sua preferência fica com O Hobbit, romance de 1937 também de autoria de Tolkien. Foi dele, aos 12 anos, que partiu a ideia de sugerir ao pai que escrevesse uma história que servisse de base para um RPG que estava criando. Assim, ambos assinam o romance, com texto final do pai.  Hoje, Hikes cursa Jogos Digitais na Faculdade Iesb, depois de ter passado por outros cursos superiores.

Luthera, o planeta

Gellian é o primeiro livro de uma tetralogia já denominada Crônicas de Luthera, que avança no campo do realismo fantástico para compor uma saga de extrema imaginação, descrições e narrativas de uma trama cheia de enredos, lutas, magias e que se apropria da dualidade da eterna luta do Bem contra o Mal. Luthera é um planeta imaginário, menor que a terra, onde vivem humanos e outros seres de civilizações imaginárias, criados a partir de várias mitologias.

Em Luthera, tempo e espaço se confundem e fundam um planeta habitado por civilizações arcaicas, povos diversos, geografia explosiva. São sete as nações principais que vivem em Luthera: Histérida (área congelada em que vivem os hastras, exímios praticantes de magia); Hypéria (local ermo e escaldante, nação dos guerreiros pélidas, homens de compleição vigorosa no qual as rígidas tradições de conduta e convívio são honradas); Remínia (região de maior atividade vulcânica na qual vivem os forjadores, hábeis construtores de armas e artefatos mágicos); Orighia (pátria dos tromos, indivíduos de baixa estatura, domadores e integrados à natureza e aos animais); Delócia (berço de humanos fortes mas envolvidos em constantes conflitos); Rescália (terra de imponentes amazonas e guardiãs da floresta sagrada) e Lústia (terra de gelo e trevas seculares na qual vivem em aldeias habitantes que se odeiam mutuamente e formadas por varões altos, esguios e de temperamento cruel).

Neste planeta de tantos contextos e contrastes, existem ainda os orcs, humanóides de feições abrutalhadas, selvagens, saqueadores e nômades.

Presente especial, download gratuito do primeiro capítulo da obra: livros.tagoreeditora.com.br/cronicasdelutheragellian

Gellian, o épico

Entre uma centena de personagens, os dois protagonistas do romance são o forjador Gellian e o feiticeiro Amókito, cuja luta é utilizar-se do poder da pedra celestial para consumir toda a vida do planeta, nas linhas dos necromantes, praticantes de uma suposta arte de contato com o mundo espiritual para obter informações do passado, presente, futuro e ainda da pós-vida ao evocar os mortos e realizarem até mesmo a ressureição ou reencarnação.

Gellian, o profetizado, é o único capaz de deter Amókito e seu séquito. Toda a história se passa em onze dias, embora traga relatos de eventos do passado. O livro se estrutura em 42 capítulos. 

De narrativa impressionante, Gellian empolga a cada episódio com um descritivismo - na linguística, trata-se da concepção de ver a natureza do significado dos nomes próprios - de aventura, guerreiros, feiticeiros, armas mágicas e criaturas fantásticas, e, por seus belos relatos visuais, está em constante contato com a linguagem cinematográfica.

Para o revisor Jarbas Júnior, da Tagore Editora e prefaciador do livro, “a narrativa impressiona e empolga a cada episódio. Descritivismo de coisas e seres bastante eficiente, visual e sugestivo, em exuberante linguagem cinematográfica. Interessante estudo psicológico das personagens em belos perfis de caráter e postura ética. A sucessão dos acontecimentos prende o leitor ao desenrolar da história, o relato agrada por isso, nas cenas de combate, nos diálogos bem conduzidos e na transposição harmoniosa dos capítulos”.

A expectativa é que esta obra, por seu potencial mercadológico, desdobre-se em mais três tomos e gere produtos diversos, como o cinema, adaptações e o próprio RPG.

Ficha técnica
Gellian, primeiro volume da tetralogia Crônicas de Luthera. Autores: Eddy Samadhi e Hikes. Editora: Tagore. Páginas: 333. Patrocínio: FAC – Fundo de Apoio à Cultura do DF. Projeto gráfico e Diagramação: Patrícia Mello Bórja e Eward Bonasser Jr. Ilustração da Capa: Romeu e Julieta Estúdio; Ilustração do Mapa de Luthera: Bernardo Tepedino e Ilustrações Internas: J. A. Nalon. Produção Executiva: Rai Marques. Assessoria de imprensa: Território Cultural. Release à imprensa por Celso Araújo.

Lançamento
09 de abril de 2019, terça-feira, a partir das 19h
Espaço Cultural do Carpe Diem
SCLS 104, Bloco D, Loja 01, Brasília – DF

Noite de Autógrafos
30 de abril de 2019, terça-feira, a partir das 18h
Ludoteca, na CLS 315, Bloco B, Loja 13, Brasília – DF

Informações: Tel.: 61.98123.0490. E-mail: raimarquesmota@gmail.com. Site da Tagore Editora: tagoreeditora.com.br. Facebook e Instagram: @cronicasdeluthera 

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis