terça-feira, 4 de junho de 2019

FAC - Fundo de Apoio à Cultura e Banco do Brasil apresentam a mostra de curtas-metragens. Brasília em Plano Aberto - Edição de Inverno

Vesti la Giubba Créditos Johil Carvalho
Segue em cartaz, na Sala de Cinema do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília até 9 de junho, a II mostra “Brasília em Plano aberto - Edição Inverno”. Com curadoria de Maurício Witczak e Wol Nunnes, a edição 2019 exibe produções audiovisuais realizadas por cineastas de diferentes regiões do DF. As sessões, gratuitas e com início às 19h, privilegiam documentários, ficção e híbridos que refletem a identidade da jovem capital do Brasil.

Assim como em sua 1ª Edição, realizada ao longo de 2018, cada sessão da mostra está dividida em temas, desta vez sendo “Cine Memória”, “Resistência(s)”, “Opressão”, “Minoridades”, “Risos”, (Su)Realidades”, “Relacionamentos” e “Pluralidades”. Ao final de cada sessão, tem bate-papo com os cineastas e a noite segue, no Jardim do CCBB, com foodbikes, exibição de imagens da Capital Federal, anos 60 e 70, registradas em formato Super 8 pelo cineasta Jorge Bodanzky, ao som trilhas do cinema nacional e internacional.

A cartografia cinematográfica brasiliense, dos últimos 40 anos reunidas no “Brasília em Plano Aberto”, “revela a diversidade do cinema local em temas e estilos”, comenta Maurício Witczak. Bodanzky. Nas sessões ainda por vir, de quinta, dia 6, a domingo, dia 9, comédias para rir do cotidiano entre casais e da vida urbana local, fantasias surreais com pitadas de nostalgia e expectativa, relacionamentos pouco tradicionais que levam a dramas casuais e a pluralidade da vida íntima de pessoas comuns.

Serviço:
Mostra de Curtas-Metragens Brasília em Plano Aberto - Edição de Inverno, 2019
Local: Sala de Cinema do Centro Cultural Banco do Brasil Brasília
Endereço: SCES Trecho 2
Temporada: De 1º a 9 de junho de 2019 (Não haverá sessão dia 3 (segunda))
Horário: sempre às 19h
Formato: Exibição de seis curtas-metragens por noite seguido bate-papo, dentro da sala de cinema. Após, na área externa, DJ, Foodbikes e projeção de imagens antigas de Brasília em Super 8, nas lentes de Jorge Bodanzky.
Entrada franca, com retirada de convite na bilheteria do CCBB uma hora antes do início de cada sessão.
Classificação indicativa: 16 anos
Informações: (61) 3108-7600

Ficha técnica:
Idealização, Produção Executiva e Curadoria: Wol Nunnes
Coordenação de produção e Curadoria: Mauricio Witczak
Coordenação Administrativa: Guinada Produções (Guilherme Angelim)
Assistente de Produção: Anna França (Grupo Depois das cinco)
Assistente de elaboração de projeto: Rogério Almeida
Mediador do bate papo: Gilney Maia
Design sênior: Cheo Gonzales
Arte finalista: Jana Ferreira
Assessoria de imprensa: Território Cultural
Assessoria de comunicação: Rodrigo Machado
Fotografia: Léo Monteiro
Registro audiovisual: Boo Filmes
Teaser: Cauê Brandão e Filipe Oliveira
Trilha Sonora (Teaser): Rafael Farret
DJs: Selo Criolina 
Técnico de som: Rogério Almeida
Interpretação de Libras: Fernando Guireles

Programação:
Dia 1º de junho, sábado
TEMA: CINE MEMÓRIA 

Dia 2 de junho, domingo
Tema: RESISTÊNCIA(S) 

Dia 3 de junho, segunda-feira
NÃO HOUVE SESSÃO

Dia 4 de junho, terça-feira
TEMA: OPRESSÃO

Dia 5 de junho, quarta-feira
TEMA: MINORIDADES

Dia 6 de junho, quinta-feira
TEMA: RISOS

Momento Trágico, de Cibele Amaral
Sinopse: Júlio, abandonado pela esposa Emília durante uma sessão de terapia de casal, decide contratar o atrapalhado e subempregado amigo Santana para espiar a mulher no grupo de terapia que ela frequenta.
Duração: 17 minutos; Ano de produção: 2003

Cuidado! Palhaços, de Pablo Peixoto
Sinopse: Conta a trajetória de carreira de dois irmãos, Ankomárcio Saúde e Ruiberdan Saúde, que largaram seus empregos em busca um sonho: serem palhaços.
Duração: 15 minutos; Ano de produção: 2008

A Casa do Mestre André, de Léo Sykes
Sinopse: Umas crianças querem ajudar palhaços a tocarem seus instrumentos musicais e os levam até a casa do Mestre André, um inventor de instrumentos feitos de materiais reciclados.
Duração: 15 minutos; Ano de produção: 2007

Whatever You Want, de Léo Bentes
Sinopse: Em clima de suspense policial noir, um detetive particular vive uma noite muito inusitada.
Duração: 15 minutos; Ano de produção: 2014

Milonguita de Dos, de Julieta Zarza
Sinopse: No fim das contas, não foi uma noite assim tão ruim.
Duração: 4 minutos; Ano de produção: 2012

Sinucada, de Rafael Stadniki
Sinopse: O primeiro dia de aula de calouros da Universidade de Brasília.
Duração: 16 minutos Ano de produção: 2018

Dia 7 de junho, sexta-feira
TEMA: (SU)REALIDADES

Vesti la Giubba, de Johil Carvalho
Sinopse: Livremente inspirado na ópera Pagliacci, de Ruggero Leoncavallo, o filme fantasia sobre a vida de um dos personagens do clássico, anos depois de findada a narrativa da ópera.
Duração: 10 minutos; Ano de produção: 2017

In Memorian, de Gustavo Fontele Dourado e Thiago Campelo
Sinopse: Inseridos num mundo que leva ao limite o consumo midiático da morte, Verônica e Alberto vagam pela cidade para relembrar Celso - o amigo morto.
Duração: 24 minutos; Ano de produção: 2018

Brasília, de Rafael Morbeck
Sinopse: Dois pedestres passam pelas ruas de Brasília e se cruzam sempre no mesmo local, numa das quadras residenciais do Plano Piloto.
Duração: 4 minutos; Ano de produção: 2018

Vezo, de Victor Almeida
Sinopse: Reflexão sobre os ciclos de comportamentos repetitivos, impostos pela rotina.
Duração: 8 minutos; Ano de produção: 2018

O Homem Banco, de Cícero Fraga
Sinopse: Curta performático que mostra como, pouco a pouco, um rapaz abre mão da convivência social e das relações interpessoais para se tornar apenas um objeto: um banco de madeira.
Duração: 12 minutos; Ano de produção: 2017

A dança da Espera, de André Carvalheira
Sinopse: Documentário que retrata a viagem através de Brasília e seus personagens, enquanto a chuva não vem.
Duração: 10 minutos; Ano de produção: 2000

Dia 8 de junho, sábado
TEMA: RELACIONAMENTOS

Verdadeiro ou Falso, de Jimi Figueiredo
Sinopse: Marina errou o passo. Errou a estratégia. Errou de Adriano. A humilhação, assim como a cegueira, é uma consequência natural do amor.
Duração: 14 minutos; Ano de produção:  2009

Asra, de Caio Cortonesi
Sinopse: Um homem religioso e tradicionalista, derrotado por uma doença degenerativa incurável, decide acabar com seu próprio sofrimento.
Duração: 15 minutos; Ano de produção: 2018

Me Deixe Não Ser, de Kleber Macedo
Sinopse: escritor que precisa finalizar uma obra conhece uma pessoa que muda completamente sua vida.
Duração: 20 minutos; Ano de produção: 2018

Rude Movie, de Gilney Maia e Maurício Witczak
Sinopse: Uma mulher. Dramas em movimento, entre a realidade e a ficção.
Duração: 11 minutos; Ano de produção: 2018

Desencontro Marcado, de Felipe Cavalcante Fialho
Sinopse: Entre o acaso e o improvável, pode surgir um desencontro marcado.
Duração: 7 minutos; Ano de produção: 20n19

Quando o Barulho Cabe no Silêncio, de Paola Veiga
Sinopse: Entre barulhos e silêncios. Vazios e preenchimentos dois vizinhos se relacionam.
Duração: 18 minutos; Ano de produção: 2018

Dia 9 de junho, domingo
TEMA: PLURALIDADES

Razão para Crer, de Erik de Castro
Sinopse: O filme trata do relacionamento tempestuoso entre Ed e Lia, um jovem casal.
Duração: 21 minutos; Ano de produção: 1996

Mauro, de João Gabriel Caffarelli
Sinopse: O cineasta faz a linguagem e a metalinguagem do audiovisual se entrecruzarem, para revelar a paixão de um pai por seu filho e pelo cinema.
Tempo de duração: 18 minutos; Ano de produção: 2018

Riscados pela Memória, de Alex Vidigal
Sinopse: dono de um sebo de discos, em meio a uma compra de LPs de segunda mão, se depara com algo que vai muito além de uma aquisição trivial.
Duração: 20 minutos; Ano de produção: 2018

O Lobisomem e o Coronel, de Italo Cajueiro
Sinopse: Um violeiro cego dedilha um repente e conta uma história passada na fazenda de um rico coronel da região.
Duração: 10 minutos; Ano de produção: 2002

Arte é Pouco para um Coração Ardente, de Márcio Curi (In memoriam)
Sinopse: Documentário sobre o cineasta André Luiz Oliveira.
Duração: 25 minutos; Ano de produção: 2011

Sob o Encanto da Luz, de Dirceu Lustosa
Sinopse: Respiração. As águas sempre guardam um segredo. Um salto. O profundo e a luz. E num sopro, o tempo pode parar.
Duração: 18 minutos; Ano de produção: 2005

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis