domingo, 16 de junho de 2019

Hambúrguer de planta chega à rede The Black Beef

Na última quinta feira (13), foi lançado em Brasília no The Black Beef o hambúrguer vegetal da Fazenda Futuro. Batizado de Futuro Black Beef, o novo hambúrguer leva parmesan cream e um molho de shitake com queijos, no pão tipo brioche, e será vendido por R$ 26. No entanto, a carne de plantas poderá ser adicionada a qualquer lanche do cardápio por um valor adicional.

Futuro Black Beef / Foto: Fábio Salvador

O hambúrguer da Fazenda Futuro, que possui em sua composição um preparado protéico - com 17g de proteína da ervilha, proteína isolada de soja e de grão-de-bico, além de condimentos como sal, pimenta, cebola e suco de beterraba para emular a cor e o sangue da carne - chega nesta semana nas unidades de Brasília e Belo Horizonte. Até o fim do mês de junho, também aterrissa nas praças de São Paulo e Rio Grande do Sul.

“Estamos muito entusiasmados com este novo produto. Queremos atingir todos os tipos de consumidores para nossas lojas. Por conta disso, nossa expectativa é que todas as lojas Black Beef tenham o Futuro Burger no cardápio até o final do mês”, comenta Mauricio Coutinho, CEO da rede.

Idealizada pelo chef Deco Sadigursky em 2014, a rede tem entre os diferenciais a utilização de ingredientes frescos, gramatura bem maior que a concorrência e a preparação do burger na grelha quente e fogo alto. Além do chef, a marca tem como sócios o ator Caio Castro e o CEO Mauricio Coutinho.

Foto: Divulgação

Sobre a Fazenda Futuro
A empresa, que começou a ser desenvolvida no final de 2017, se classifica como “a primeira foodtech brasileira” por utilizar a tecnologia para mudar o mercado alimentício. A Fazenda Futuro é capaz de produzir 150 toneladas de hambúrgueres “de carne”, mas sem matar nenhum boi.

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis