segunda-feira, 24 de junho de 2019

Que dança te alimenta? Artistas em Brasília unem dança e alimentação consciente em performance artística

Capa_Diaita
O que a criação coreográfica tem em comum com a preparação de alimentos? Resultado da Residência Artística ALIMENTANÇA, realizada em Abril deste ano, Diaita é um jantar e/m performance. A proposta, nascida em natureza sítio-específica, sai de casa para re/configurar outros espaços, chegando ao Canteiro Central pela ocupação do Teatro Bar. 

Os dias 2, 9, 16 e 23 de Julho serão preenchidos de devaneios poéticos e culinários, desafiando artistas e públicos a entender dança e alimentação enquanto composições de desejo.

Com o foco na busca pelo prazer na integralidade, os performers - compostos por artistas da dança, teatro, música, visualidades, nutrição e cozinha - friccionam seus modos de entender e lidar com o corpo e o alimento, investigando percepções de arte e comida para além dos “processados”. 

Em um cotidiano tão imerso de demandas, cozinhar e se alimentar é cada vez menos uma experiência íntegra que envolve e engaja o corpo todo e cada vez mais um consumo desenfreado de soluções rápidas e mastigadas que nos roubam essa experiência. No entanto, comer é também uma experiência estética e política. Com o desejo de “re-apetecer” os prazeres do corpo e do alimento integral, o jantar performativo quer levantar ao público questões como: O que você come? Quais gestos te alimentam? Que indústria você alimenta quando escolhe sua comida? Como mover? 

A iniciativa é realizada pelo ajuntamento Abrindo a Sala, em que a artista da dança, Janaína Moraes (DF), convida (não) artistas para criar interfaces entre dança e/m outros contextos. Para a temporada do Teatro Bar, conta com a colaboração de Leonardo Rodrigues e Ingrid Beatriz para a concepção da obra. 

Juntas, as artistas têm acionado uma rede de performers que comporão o acontecimento, entre os quais agricultores locais (CSA), chefs (do Café Oyá; Wiccafé e Simbaz Culinária Afro e Bar - dentre as já confirmadas) e estudantes de artes cênicas (UnB). A iniciativa que une as artistas em Diaita entende cada etapa da criação como gesto de visibilização da rede que compõe o percurso do alimento ao corpo. A ideia é conhecer para valorizar. Desafiam-se, portanto, ao mínimo de industrializados e máximo de produção local, aproximando-se de iniciativas familiares e pequenos produtores, tanto quanto de artistas criadores de diferentes linguagens para organizar modos de cozinhar coreografias e coreografar alimentos. 

Os públicos podem optar pelo ingresso que dá acesso a comer o banquete servido ou pelo ingresso para assistir a performance. 

Venda antecipada através do link www.sympla.com.br/teatrobardiaita 
Maiores informações pelo e-mail abrindoasala@gmail.com Instagram: @abrindoasala / @teatrobarbsb 

Foto divulgação 
DIAITA: JANTAR E/M PERFORMANCE 
Sinopse: 
Cozinhar, comer, mover: desafios de cotidianos marinados em demandas. Diaita é jantar e/m performance, provocação dos gestos para uma alimentança (alimento e/m dança). Do contato com cheiro, cor, textura e sabor do corpo colhido ao corpo que colhe, liquidifica-se o sumo de um corpo do encontro. Convidamos a assistir de boca na experiência, transformando o espaço cênico em um percurso de cheiros, sabores e poesias que sugerem possíveis modos de nos relacionarmos com o movimento da comida. Você pode escolher se participa do Banquete (que tem vagas limitadas) ou se assiste as coreografias da ingestão.

Programação: 
2 de julho: Diaita: jantar e/m performance + Tássia 
9 de julho: Diaita: jantar e/m performance + Wiccafé 
16 de julho: Diaita: jantar e/m performance + Oyá Café 
23 de julho: Diaita: jantar e/m performance + Simbaz Culinária Afro 

SERVIÇO: 
O que: Diaita: jantar e/m performance Quando: 02, 09, 16 e 23 de julho - 20 hrs Onde: Ocupação Teatro Bar, no Canteiro Central - Setor Comercial Sul Q.3, Bl A Quanto: lugar no banquete: R$ 20,00 (limitado a 20 ingressos) Inteira: R$ 20,00 
Meia: R$ 10,00 Informações: (61) 98205-3850 / (61) 98490-8157.

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis