quarta-feira, 28 de agosto de 2019

Três exposições imperdíveis estreiam no Museu Nacional da República

Museu Nacional da República. Foto: Pedro Ventura/Agência Brasília
Três exposições estreiam em Brasília entre o final de agosto e início de setembro no Museu Nacional da República (MNdR), que exibe, a partir de amanhã (29), uma das mostras itinerantes da 33ª Bienal de São Paulo – “Afinidades afetivas”. As obras de 13 artistas que integram a mostra receberam mais de 700 mil visitantes no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, entre setembro e dezembro do ano passado.

Nesta quinta-feira o MNdR também abre ao público “A Experiência do Olhar”, trazendo o pintor, desenhista e gravador Eduardo Sued. Sua obra, com estética que lembra Mondrian, experimenta com formas e cores dentro de uma perspectiva construtivista, ainda que seu autor fuja de rótulos. Aos 94, Sued se notabiliza pelo uso de uma paleta variada que inclui o preto como cor.

No início de setembro (3) é a vez de Ding Musa, um jovem artista que tem na fotografia a base de seu trabalho. Em “Unidade de Construção”, Musa parece propor metáforas sobre o poder na capital federal ao abordar os discursos subentendidos na arquitetura e nos interiores dos prédios públicos.

Confira detalhes das mostras:

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis