sexta-feira, 6 de setembro de 2019

Agenda Cultural movimenta o feriado de Independência

Agenda Cultural
Durante o feriado do Dia da Independência, muitos complexos culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal vão funcionar normalmente, com uma programação dedicada ao entretenimento e diversão, com teatro, dança, música e oficinas. O destaque vai para o Concerto da Independência, que ocorrerá na Esplanada dos Ministérios.

Confira abaixo a programação completa dos equipamentos que estarão abertos durante o feriado.

Orquestra do Teatro Nacional Claudio Santoro

Concerto da Independência
As comemorações da Independência do Brasil ganharão um tom mais solidário. É que o Governo do Distrito Federal lança neste 7 de setembro a campanha “Vem Brincar Comigo”, que visa arrecadar brinquedos e livros para crianças carentes do DF.
Encabeçada pela primeira-dama Mayara Noronha com apoio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec), a ação contará com uma programação especial na Esplanada dos Ministérios e apresentação da Orquestra Sinfônica do Teatro Nacional Cláudio Santoro.
Local: Esplanada dos Ministérios – Entre o Complexo Cultural da República e Teatro Nacional Cláudio Santoro/ Retirada de ingressos para acesso às cadeiras: 06 de setembro, de 9h30 às 17h no “Espaço Clic” na Biblioteca Nacional de Brasília mediante doação de 1 brinquedo ou livro novo ou em bom estado. As doações também poderão ser feitas no local, limitado a 1600 lugares.

Biblioteca Nacional de Brasília

06/09 - Clube de Leitura
O livro de Clarice Lispector – Perto do Coração Selvagem será comentado no Espaço Infantil da Biblioteca. 18h. Entrada Franca e Classificação Indicativa livre.
7 de setembro – Fechada para o feriado.

Memorial dos Povos Indígenas

Menire Bê Kayapó Djapê

Exposição e catálogo – Menire Bê Kayapó Djapê – A mulher Kayapó. A exposição fica no MPI até o dia 31 de setembro e o seu trabalho. Entrada gratuita. Classificação indicativa livre.

Rodada de Negócios

A rodada de negócios acontece no dia 6/09 no Memorial dos Povos Indígenas, um dia após a solenidade e abertura da exposição e lançamento do livro catálogo, que conta um pouco do trabalho da mulher Kayapó em suas atividades diárias.
Feriado 07 de setembro – o MPI estará aberto de 10 às 17h.

Espaço Cultural Renato Russo

Teatro – O contador de Histórias para nada – 06 a 08/09 – Sex e sáb 20h – dom 19h

A peça é inspirada nos textos de Samuel Beckett “Textos para Nada” escritos logo após a trilogia romanesca do pós-guerra. O projeto teatral, iniciado em 2015, entra em sua segunda temporada. Entrada Franca, 14 anos – Teatro de Bolso.
Teatro - A Resistível Ascenção de Arturo Ui - 06 a 08/09 – Sex e sáb 20h
A montagem é uma releitura cênica do texto de Bertold Brecht. Oitavo espetáculo do Grupo Liquidificador a peça é uma parábola teatral, escrita em 1941, que transporta a história da 2ª guerra para o mundo dos gangsters de Chicago. Entrada: R$ 30 (inteira), 16 anos – Teatro Galpão.

Teatro Infantil – Pupila D Agua 07 e 08/09 – 11 e 16h

Pupila d´água é um espetáculo histórico de música e teatro, realizado pela companhia La Casa Incierta para a primeira infância, que já realizou mais de 800 apresentações desde o ano 2002 em Brasília, Rio de Janeiro, São Paulo, Bélgica, França, Espanha, Portugal, Holanda, Itália e Rússia. O espetáculo utiliza elementos de canto lírico, percussão com objetos cenográficos e vasos de cristal, além de um repertório de elementos teatrais e de dança. O espetáculo foi o vencedor do prêmio FETEN (2005) na Espanha e recebeu menção de honra pela ASSITEJ (Associação internacional de Teatro para a Infância e Juventude) no Canadá, pelo caráter inovador do projeto. A companhia foi premiada pelo Banco Interamericano Mundial em Washington em 2017, pela relevância internacional de sua obra. Entrada R$30 (inteira), Classificação Indicativa Livre - Sala Multiuso.

07 de setembro – Aberto.

Casa do Cantador

Tributo ao quarentão - 07/09 – 19 h
O quarentão, era o único salão de festas no início de Ceilândia, ficava onde é hoje o restaurante comunitário no centro de Ceilândia, Distrito Federal. No início a juventude da cidade se divertia curtindo o funk/soul da época era o chamado mundo no passinho. Oficina de Estandarte com Maria Villar. Entrada R$10 – Classificação Indicativa 18 anos.

Complexo Cultural de Samambaia

Aulão de dança 07/09
Serão ministrados para o público vários ritmos de dança de salão, como forró, bachata e sertanejo. Horário: 10h. Entrada Franca. Classificação Indicativa livre.

Seminário Samamba Rock para bandas autorais - 08/09
O Instituto Solid'Art, organização responsável pelo festival Samamba Rock realizado desde 1998 em Samambaia, promove o Seminário Samamba Rock para as integrantes das bandas de rock autorais do Distrito Federal. Horário: 15h Entrada Franca. Classificação indicativa: livre.

Complexo Cultural de Planaltina

Dando continuidade ao projeto “Complexo em Movimento” o mês de agosto conta com oficinas de batalhas de rima, aulas de dança (charme e flashback), teatro, percussão, empreendedorismo e ritmos regionais. Na sexta (06) o CCP conta com a Guerra do Flow às 19h e o Ensaio de Tambores do Amanhecer. (Cine Teatro e Teatro de Arena).Entrada franca/ Classificação indicativa livre. Já no sábado (07) o Grupo de Teatro Pronatec Planaltina entra às 09h e a tarde 14h, o CCP conta com aulas de dança charme. O fim de semana termina com o ensaio aberto do Planaltina Rap em foco, no domingo (08) ao meio dia. (Cine Teatro e Teatro de Arena). Entrada franca/ Classificação indicativa livre.

O Museu Vivo da Memória Candanga

O Museu Vivo da Memória Candanga continua com a programação fixa com cursos de costura, gravura, cerâmica, papel e da técnica pinhole. O local ainda abriga e exposição permanente “Poeira, Lona e Concreto”, e a Casa Verde recebe temporariamente a mostra Seu Pedro. Confira os dias e horários das oficinas:
Oficina da Costura – Katy Ateliê – funcionamento de segunda a sexta-feira com turmas de 9h às 12h e 14h às 17h, sábado de 9h às 12h – Formando turmas em todos os horários. Oficina da Gravura – quarta e sexta-feira – 9h às 12h e 14h às 17h. Oficina de Cerâmica – quintas-feiras – 9h às 12h e 14h às 17h. Oficina do Papel – Fundação Pedro Jorge – Quarta-feira de 14h às 17h. Oficina de Pinhole – segunda, terça e quarta das 14h às 17h.

Museu Nacional

Afinidades afetivas

Três exposições estrearam Brasília  início de setembro no Museu Nacional da República (MNdR), que exibe uma das mostras itinerantes da 33ª Bienal de São Paulo – “Afinidades afetivas”. As obras de 13 artistas que integram a mostra receberam mais de 700 mil visitantes no Pavilhão da Bienal, no Parque Ibirapuera, entre setembro e dezembro do ano passado.

A Experiência do Olhar

Ainda na quinta, o MNdR também abre ao público “A Experiência do Olhar”, trazendo o pintor, desenhista e gravador Eduardo Sued. Sua obra, com estética que lembra Mondrian, experimenta com formas e cores dentro de uma perspectiva construtivista, ainda que seu autor fuja de rótulos. Aos 94, Sued se notabiliza pelo uso de uma paleta variada que inclui o preto como cor.

Ding Musa

 Ding Musa, um jovem artista que tem na fotografia a base de seu trabalho. Em “Unidade de Construção”, Musa parece propor metáforas sobre o poder na capital federal ao abordar os discursos subentendidos na arquitetura e nos interiores dos prédios públicos. Entrada franca. Classificação indicativa livre.

Cine Brasília

A programação mantém o premiado “Bacurau” em cartaz no Cine Brasília durante todo o fim se semana. Além do longa nacional no horário de 20h, estreiam dois filmes Espero tua (Re)Volta 16h e Abaixo a Gravidade 18h. Entrada R$ 12 inteira. Classificação indicativa 16 anos. Bilheteria somente em dinheiro.

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis