sexta-feira, 11 de outubro de 2019

Por que é importante o teste do pezinho?

Teste do pezinho

Quando o bebezinho nasce, ele precisa fazer vários testes para saber como está sua saúde, e um deles é o teste do pezinho. Mesmo sendo muito importante para as crianças, muitos pais ficam preocupados sobre como esse teste é feito e quais doenças podem ser diagnosticadas. O teste do pezinho pode diagnosticar condições de saúde como hipotireoidismo congênito, fenilcetonúria, hiperplasia adrenal congênita, deficiência da biotinidase, fibrose cística e hemoglobinopatias (doenças que afetam o sangue). É importante fazer o teste em todos os recém-nascidos, uma vez que as doenças identificadas pelo exame não apresentam sintomas ao nascimento e, se não forem tratadas cedo, podem levar à deficiência intelectual e causar sérios prejuízos para a qualidade de vida da criança. O teste do pezinho é feito nessa região do corpo por ser uma área bastante irrigada no corpo humano, facilitando assim a realização do exame.


Quem deve fazer o teste?

Todas as crianças recém-nascidas devem realizar o Teste do Pezinho após as primeiras 48 horas do nascimento e até o 5º dia de vida. Deve-se esperar esses dias porque algumas doenças podem não ser detectadas nas primeiras horas de vida do bebê.

O teste do Pezinho foi introduzido no Brasil em 1970 e com apenas algumas gotinhas de sangue coletadas do calcanhar do bebê, este exame permite diagnosticar doenças raras em recém-nascidos, como:


  • Fenilcetonúria: pode provocar retardo mental.
  • Fibrose cística: pode gerar muco espesso nos brônquios e nos pulmões, causando problemas respiratórios e digestivos.
  • Hiperplasia adrenal congênita: as glândulas suprarrenais não funcionam corretamente, prejudicando a produção de hormônios como o cortisol e a aldosterona.
  • Hipotireoidismo congênito: pode provocar retardo mental irreversível na criança.
  • Galactosemia: envolvem problemas de coagulação, icterícia (pele amarelada), hipoglicemia, glicosúria (excesso de glicose na urina) e acidose metabólica no sangue.
  • Toxoplasmose congênita: provoca cegueira, icterícia, convulsões e retardo mental.


Porque o Teste do Pezinho e tão importante?

É através dele que identificamos qual o tratamento e, se iniciado precocemente tem uma evolução muito melhor! O diagnóstico tardio de muitas dessas doenças pode levar a complicações graves e inclusive a morte. Portanto, lembre-se: o Teste do pezinho é de extrema importância e deve ser feito!

Contraindicações

Não há contraindicação para a realização do Teste do Pezinho.

Teste do Pezinho no SUS

O Teste do Pezinho Básico é disponibilizado pelo Sistema Único de Saúde (SUS), podendo ser feito gratuitamente nos hospitais ou em qualquer unidade de saúde.

Dr: Onofre Mendes Da Costa Neto
Pediatra
CRM-DF 21933
(61)99878-0880
Clínica Bonum Vitae
SEPS 709/909 Bloco A Sala 126 - Centro Médico Júlio Adnet Asa Sul - Brasília/DF
Tel: (61) 3443-0237
Whatsapp: (61) 99260-9505

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona somente em dispositivos móveis