6 dicas para aprender Libras e expandir a sua comunicação

ASL-Studies-Student

A Linguagem Brasileira de Sinais, ou simplesmente Libras, é a forma com a qual a grande maioria dos deficientes auditivos se comunicam entre eles e com o restante das pessoas ao seu redor. São cada vez mais as pessoas que querem dicas para aprender Libras e, assim, expandir os seus conhecimentos gerais e a sua comunicação.

A Libras é considerada uma língua oficial do País e seu aprendizado geralmente pode ser feito por meio de cursos gratuitos em diversas escolas específicas ou até mesmo pela internet. 

Alfabeto em Libras

Antes de tudo é fundamental entender bem o que é e quais são os benefícios de aprender essa linguagem. Ela possui uma estrutura gramatical própria e ultrapassa as ideias daqueles que acreditam ser apenas “mímica” ou gestos. “Considera-se que a LIBRAS é uma língua por possuir corretamente os níveis linguísticos fonológico, morfológicos, sintático e semântico. e o que vai diferenciar essa língua das demais é a sua modalidade visual-espacial”, explica Ariane Gonçalves, fonoaudióloga da Audiofisa.


  • É importante ressaltar que cada país possui a sua própria linguagem de sinais e, por isso, Libras não é considerada uma linguagem universal;
  • Os movimentos são específicos e cada um deles pode fazer diferença na hora de compreender a comunicação;
  • A linguagem deve ser padronizada e isso acontece de acordo com alguns parâmetros que facilitam a comunicação e a compreensão;
  • É a principal maneira de comunicação entre pessoas com problema de audição e fala e, por isso, é importante a compreensão por amigos e familiares.


Confira 6 dicas para aprender Libras da melhor maneira:


1. Memorize os sinais


É importante que os sinais sejam memorizados para que não hajam erros durante a comunicação, pois esse é um aspeto absolutamente essencial para que uma mensagem seja transmitida. E quanto mais palavras forem memorizadas, maior será a fluidez de uma conversa.

Comece aprendendo os sinais mais simples e vá avançando aos poucos, sempre retornando aos básicos para que haja uma boa memorização. “Uma das melhores dicas para aprender a linguagem e ajudar a guardar bem os significados das expressões é a de realizar anotações durante o aprendizado. Desenhar todos os sinais em um papel e escrever informações úteis sobre eles, ajuda na gravação e na revisão dos dados”, afirma Ariane.

2. Cuidado com a configuração das mãos


É preciso ficar atento para não errar nos sinais, pois alguns deles são muitas vezes parecidos. Um professor poderá te ensinar as melhores dicas para aprender Libras e ajudá-lo no processo, corrigindo os possíveis erros. Se tiver dúvidas, pergunte e não deixe de praticar.

O mais importante nessa etapa é realizar a configuração das mãos corretamente desde o início, pois  assim ficará mais fácil para se lembrar delas depois. Assim, mesmo que leve mais tempo, procure fazer o mais certo possível.

3. Use músicas


Usar músicas e associá-las aos sinais auxilia muito na hora de memorizar os códigos. Sempre escolha uma música que seja de sua preferência para que possa repeti-la várias vezes, reforçando a memorização e a configuração das mãos.

Este processo de aprendizado é muito usado nas escolas, pois assim como em outros idiomas, a melhor maneira de aprender uma nova linguagem é por meio da aplicação do aprendizado em situações conhecidas.

“Sempre que ouvir a música estudada você irá se lembrar dos sinais, o que deixará tudo mais prático”, conta a fonoaudióloga. Quando você for capaz de realizar a música completa, passe para outra e aumente ainda mais o seu conhecimento.

4. Estipule metas


Estipular metas para aprender Libras é fundamental para que você possa se comprometer e se motivar com o processo de aprendizagem. Comece a semana aprendendo uma quantidade específica de vocabulário e aumente gradativamente. Sempre faça essa progressão em dias pré-determinados, pois isso lhe dará disciplina e foco.

5. Traduza conversas


Uma maneira efetiva de aprender uma nova linguagem é fazendo tradução de conversas. É uma ótima forma de memorizar os sinais, pois você irá aprender na prática como eles se aplicam. Se for possível, estabeleça conversas com alguém que entenda mais do assunto, anotando os erros e acertos.

6. Faça cursos


“No Brasil, existem várias instituições e diversos cursos gratuitos que passam não só dicas para aprender Libras, como também ensinam todo o processo de construção da linguagem”, diz Ariane Gonçalves.

Existem também os online que podem ser realizados de qualquer lugar com acesso à internet. E como a web é vasta, há muitos gratuitos. A USP e o SENAC, por exemplo,  são duas instituições que oferecem cursos livres e sem custo, e ainda oferecem certificados após a conclusão.

A importância de se aprender Libras


“Libras é considerada uma das línguas oficiais do País. Quanto mais pessoas conseguirem se comunicar por meio dela, maior será o impacto social positivo em todo o Brasil”, assegura a fonoaudióloga. Isso porque mesmo que a pessoa com deficiência use um aparelho auditivo, ainda assim ela poderá vir a ter problemas com a oralidade.  

Família, amigos e a sociedade como um todo devem ser estimuladas para que a vida da pessoa com perda auditiva seja melhor e mais produtiva. Se você conhece alguém com esse tipo de deficiência, estimule-a a aprender essa linguagem e a todas as outras que estão ao redor dela.

VLibras


Resultado de uma parceria entre o Ministério da Economia (ME), por meio da Secretaria de Governo Digital (SGD) e a Universidade Federal da Paraíba (UFPB), o VLibras é um conjunto de ferramentas computacionais de código aberto, que traduz conteúdos digitais (texto, áudio e vídeo) para Língua Brasileira de Sinais - LIBRAS, tornando computadores, celulares e plataformas Web acessíveis para pessoas surdas. Saiba mais: https://www.vlibras.gov.br/ 

Caso queira se aprofundar em questões relacionadas à audição, baixe gratuitamente o e-book “Conheça os tipos mais comuns de Deficiência Auditiva e saiba como identificá-los”: https://bit.ly/2VcOOEH 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem