Projeto beneficente ParaOuvirBem apresenta 4ª edição com doação de aparelhos auditivos

Próteses serão entregues no sábado (15) a pacientes carentes com algum diagnóstico de surdez; iniciativa é da ParaOuvir, empresa de aparelhos auditivos no DF.


Projeto beneficente ParaOuvirBem apresenta 4ª edição com doação de aparelhos auditivos

“É sobre oferecer a muitos que não tem condições financeiras a chance de ouvir com a ajuda de um aparelho auditivo”. É assim que a fonoaudióloga Janaína Mundim, criadora do projeto ParaOuvirBem, define o resultado que a iniciativa tem para as pessoas beneficiadas pela ação. Em fevereiro, ela e sua equipe se preparam para um evento que propõe doar aparelhos auditivos a um grupo de pessoas de baixa renda do Distrito Federal. Ação ocorre no dia 15, no Centro Clínico Via Brasil, na Asa Sul.


O projeto, que está em seu quarto ano, já promoveu a doação de dezenas de próteses auditivas. Em cada edição, são feitos diversos eventos beneficentes, realizando triagens auditivas em asilos, abrigos e creches. Os equipamentos são doados por pacientes que adquiriram novas tecnologias ou que possuem um aparelho auditivo sem uso. Os profissionais da ParaOuvir, instituição responsável pela iniciativa, realizam a manutenção, limpeza e o ajuste de acordo com as necessidades do novo usuário.

“Hoje a ParaOuvir conta com mais de 15 mil clientes e pacientes, que geralmente fazem a troca de seus aparelhos. E às vezes esses aparelhos antigos vão para a gaveta. E aí eu pensei, por que não ajudar essas pessoas tão carentes que a gente acolhe e faz o diagnóstico durante o ano?”, indaga Janaína Mundim.

Importância


Entre as pessoas que já foram beneficiadas, está o piauiense Sebastião Francisco de Souza, de 73 anos, que foi agraciado na edição de 2018. "Me sinto muito feliz. Sem o aparelho auditivo eu não escuto nada, mas agora sinto que nasci de novo”, disse à época.

A pequena Júlia, de 10 anos, tem deficiência bilateral e também recebeu a doação de um aparelho. Márcio de Souza Santos, pai de Júlia, contou que ela convive desde pequena com dores no ouvido. No entanto, a perda auditiva foi diagnosticada apenas há algum tempo. “Foi difícil conseguir o aparelho, mas agora ela ganhou. Se você visse a alegria dela!”, comemorou o pai orgulhoso.

Apelo


Quem quiser fazer uma doação de aparelho auditivo para as próximas edições do projeto ParaOuvirBem pode entrar em contato pelos telefones 3443-1042 ou 99944-8484. “Eu peço para todos que tenham um aparelho na gaveta, um par que não está usando, que doem. Vocês podem ajudar muitas pessoas”, aponta Janaína.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem