Benefícios da dança em tempos de quarentena

Em tempos de quarentena, tanto a mente quanto o corpo podem estar sofrendo muito. São horas deitado na cama, com má postura, ou "jogado" no sofá, sem perspectiva de melhora. Por isso, o Educador Físico Pedro Santana, do Ravenna Brasília, elencou alguns benefícios da dança que vão além do emagrecimento. 
Foto: Divulgação

Para Pedro, "a dança é uma atividade que reúne uma vasta quantidade de movimentos usando como base um ritmo musical, e pode ser praticada por qualquer pessoa, independente de idade, tipo de corpo ou gênero."  Ela tem a capacidade de alcançar todos os públicos, indo do altamente ativo ao sedentário, cada um dentro da sua condição física. "Ela também é uma excelente ferramenta quando falamos em socializar, fazer novos amigos, sair do sedentarismo e se sentir livre", completa. Quem quiser acompanhar as aulas com Pedro, basta seguir o instagram @maximoravenna . Os ritmos são transmitidos as segundas e quartas, sempre às 11h30.

E os benefícios não param por aí: segundo Pedro, quando dançamos, induzimos nosso corpo a liberar neurotransmissores chamados de serotonina e dopamina, que são responsáveis pela sensação de calma, alívio, relaxamento e bem estar pós atividade, atuando também no humor e qualidade do sono. "É comprovado que a dança também é capaz de reduzir os níveis de cortisol, conhecido popularmente como hormônio do stress.

Ela também trabalha a coordenação motora, equilíbrio, consciência corporal, noção de espaço e tônus muscular, e ainda acelera os batimentos cardíacos, sendo assim uma ótima ferramenta para quem visa o emagrecimento", explica. A dança também fornece um impacto positivo no sistema cardiovascular e no sistema respiratório.

Serviço:
Benefícios da dança em tempos de quarentena
Centro Terapêutico Dr. Máximo Ravenna
Aulas online gratuitas: @maximoravenna - segundas e quartas às 11h30

Comentários

Formulário de contato

Enviar