sexta-feira, 3 de julho de 2020

Comida di Buteco adia concurso para 2021 devido à pandemia

A edição 2020 do tradicional Comida di Buteco - concurso que elege o melhor bar do Brasil - foi adiada em função da pandemia do coronavírus, que prejudicou o funcionamento de bares e restaurantes em todo o país. Após um monitoramento da situação pandêmica por 90 dias e uma consulta aos patrocinadores, parceiros e participantes, a equipe do Comida di Buteco optou por adiar o concurso para o ano que vem. Em Brasília, a nova data será de 10 de abril a 02 de maio de 2021.

Neste ano, o concurso aconteceria em abril – data oficial em todo o país - e depois chegou a ser remarcado para 10 de julho, mas a necessidade do isolamento social interrompeu os planos. A Diretora de operações e uma das fundadoras do Comida di Buteco, Maria Eulália Araújo, diz que o adiamento vale para as 21 cidades que recebem simultaneamente o evento, e que a programação será a mesma em 2021, inclusive com os mesmos participantes.

Concurso adiado para 2021 / Foto: Divulgação

Segundo a gestora, os proprietários dos bares entenderam a necessidade do adiamento. Ela diz que o planejamento já está sendo feito e todas as medidas protetivas serão tomadas: “Hoje, se tem uma palavra que se coloca sobre as demais é a segurança”. Por meio de nota, o Comida di Buteco lamentou a necessidade do adiamento e dos impactos gerados para os participantes, patrocinadores e parceiros, além do próprio evento, e reforçou que “agora, o mais importante é garantir a segurança do público e a longevidade do concurso, pois tempos melhores virão”.

Essa é a primeira vez que o concurso deixa de acontecer. “O meu boteco é o Comida di Buteco, a gente abre e fecha essa porta há 20 anos. Para nós, é um momento importante de reflexão, de entendimento do que estamos vivendo. Daqui até lá vamos nos dedicar e trabalhar bastante para fazer um evento impecável”, diz Maria Eulália.

Sobre o impacto da pandemia no setor gastronômico e no próprio concurso, ela lamenta os prejuízos, que vão além das perdas econômicas: “É uma coisa muito triste, são estabelecimentos familiares. É um impacto que acaba tendo um sobrepeso emocional muito forte, são famílias perdendo sua fonte primária de recurso. E mais que isso: são as histórias de vida por trás disso, tem uma perda afetiva”.

O concurso ainda esclarece que os trabalhos presenciais serão retomados em 2021, que a situação dos bares e restaurantes que participam do evento está sendo acompanhada, e o evento vai se preparar “para realizar com segurança, estrutura e entusiasmo o concurso Comida di Buteco em todo o Brasil”.

Postar um comentário

O botão Whatsapp funciona apenas no dispositivo móvel