Da farmácia para o supermercado, conheça a origem do refrigerante

Uma das bebidas mais famosas do mundo teve sua origem nos laboratórios farmacêuticos e logo conquistou o gosto popular tornando-se um acompanhante perfeito para todas as refeições. Muito antes de ser o que é, o refrigerante passou por várias adaptações desde a sua origem. Por volta de 1500, na pequena cidade de Spa na Bélgica, começou a exportar água gaseificada natural para outras cidades europeias e logo os cientistas tentaram recriar o produto artificialmente. Séculos depois o americano Joseph Priestley, em 1767, criou um meio de produzir água gaseificada, a soda. Mais tarde, em 1832, seu conterrâneo John Mathews desenvolveu um aparato que fazia o mesmo. A bebida era receitada para tratamentos que iam desde simples cólicas à poliomielite.

Refrigerantes Coloridos / Foto: Freepik


Algumas décadas depois, surgiu a idéia de acrescentar sabores ao produto: o gengibre teria sido o primeiro, em cerca de 1820, seguido do limão, na década de 1830. Esse processo ficou mais fácil com uma nova tecnologia, patenteada em 1819 nos Estados Unidos: a soda fountain, uma bomba instalada nos balcões das farmácias para o líquido ser gaseificado na hora.


Com isso, as farmácias passaram a dedicar-se exclusivamente a fabricação de bebidas gaseificadas, nascendo assim as 3 maiores empresas de refrigerantes do mundo, a Coca-Cola, Pepsi e a Dr. Pepper. Conheça um pouquinho sobre essas empresas:


Coca-Cola: Em 1886, o farmacêutico John Pemberton de Atlanta criou uma mistura de cor caramelo e juntou a água carbonatada (gasosa). Frank Robinson, contador de Pemberton batizou a bebida de Coca-Cola e escreveu a próprio punho. A partir daí, o nome da bebida passou a ser escrito da forma com que o recebeu de Robinson. Era vendida na farmácia por USD 0,05 para ajudar na digestão. Chegou ao Brasil em 1941, sendo produzida na cidade de Recife.

Coca-Cola / Foto: AFP

Pepsi: Em 28 de agosto de 1898, o farmacêutico Caleb Bradham criou a Pepsi-Cola na Carolina do Norte com a finalidade de revigorar, rejuvenescer e ajudar na digestão. Seu nome foi tirado com base em seus principais ingredientes, a pepsina e as nozes de cola. Chegou ao Brasil em 1953.

Pepsi / Foto: Reprodução

Dr. Pepper: A bebida começou por ser vendida em Waco, no Texas, em 1885. Foi comercializada a nível nacional nos EUA em 1904. A data exata da sua criação é desconhecida, apesar da sua patente datar de 1 de dezembro de 1885. A receita foi criada pelo farmacêutico inglês Charles Aderton. Para testar a sua nova bebida, começou por oferecê-la ao dono da loja, que também a apreciou. Após a experimentarem ambos várias vezes, Alderton estava pronto a oferecê-la aos clientes. A notícia espalhou-se e outras pessoas começaram também a pedir uma "Waco". Alderton deu a fórmula ao seu patrão, Wade Morrison, o dono da drogaria. Não é comercializado no Brasil, podendo ser encontrada em alguns países da Europa e da Ásia.

Dr Pepper / Foto: Reprodução

Fábio Salvador

email facebook instagram Formado em Administração e pós graduado em Marketing Digital, Gastronomia Internacional, Gastronomia Brasileira e Gastronomia e Ciência dos Alimentos. Amante da gastronomia e aspirante de Confeitaria.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem