Natal sem fronteiras: ativistas do Democracia sem Fronteiras entregaram cestas básicas a famílias venezuelanas que moram na capital

DIVULGAÇÃO DSF

O Brasil é o país com o maior número de refugiados venezuelanos reconhecidos na América Latina. Com o intuito de ajudar algumas dessas famílias que moram em Brasília, o movimento  Democracia Sem Fronteiras realizou a ação social “Natal sem fronteiras” na tarde de terça-feira, 22 de dezembro.  O ato solidário consistiu na entrega de cestas básicas para 17 famílias venezuelanas que estão abrigadas na organização Aldeias Infantis, na 914 Norte. 


Criado em novembro de 2019, o grupo que lançou recentemente o site http://governochinesmentiu.org.br/, descreve-se como um movimento de pessoas engajadas no fortalecimento e na defesa do direito à democracia em todos os países do mundo.


“O natal é tempo de expressar o amor ao próximo, demonstrando sobretudo a esperança que devemos ter em dias melhores. Sendo assim, o Democracia Sem Fronteiras não poderia deixar de levar a essas famílias venezuelanas, um pouco de afeto e dignidade, ao qual não recebem em seu país. A Ação Natal Sem Fronteiras tem por objetivo relembrar a esses Venezuelanos, que ainda há esperanças, e que a ditadura Venezuela não será eterna”, conta Gabriele Machado, uma das idealizadoras do grupo.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem