Perrier-Jouët une beleza e sustentabilidade em lançamento global

 

Pack - Perrier-Jouët Belle Epoque
Divulgação

Um presente ecológicamente correto para causar impacto nesse fim de ano é o novo gift-box da Maison Perrier-Jouët, com o mítico rótulo Belle Epoque Brut 2012 – safra super especial, disponível em edição limitada - com suas inconfundíveis anêmonas. Criadas pelo artista e mestre de vidro Emile Gallé, em 1902, e escolhidas como identidade estética do primeiro Perrier-Jouët Belle Epoque safra 1964, transformaram a garrafa em uma obra de arte, selando a parceria entre o movimento Art Nouveau e a casa.  Em elegante pack, Perrier-Jouët Belle Epoque Brut 2012 ganha a companhia de duas taças de cristal em forma de tulipa que também trazem as anêmonas de Gallé. Pode ser adquirido no site www.drinksandclubs.com.br, ao preço sugerido de R$ 1334,90. O destaque dessa edição é a embalagem sustentável produzida com papel 100% reciclável. 

A iniciativa consolida o compromisso e o amor da Maison pela natureza, fato que remonta à sua criação em 1811. Seus fundadores Pierre-Nicolas Perrier e Rose-Adelaide Jouët eram conhecidos por seu grande interesse pela botânica e por suas idéias progressistas sobre a viticultura natural, que passaram a ser adotadas pelas gerações seguintes. Hoje, a natureza permanece no coração da Maison e fornece portanto inspiração para esta nova coleção e sua embalagem ecologicamente correta para acomodar seus champagnes clássicos. Resultado de dois anos de pesquisa e desenvolvimento, as novas caixas trazem uma estética elegante e minimalista, com grande foco na sustentabilidade. Projetadas e fabricadas na França, são produzidas com fibra 100% natural, proveniente de florestas cerfificadas no norte da Europa, e são, aproximadamente 30% mais leves do que as versões anteriores.

Simultaneamente, a Maison Perrier-Jouët adotará novas caixas de embalagem com viés ecológico e 100 % recicláveis. Esta mudança foi realizada sem comprometer a elegância e a atenção aos detalhes da Maison. Inspiradas no terroir onde são produzidos seus champagnes, as novas caixas são em branco fosco puro, remetendo ao solo calcário, e gravadas com motivos que lembram as lendárias anêmonas. A única cor é reservada ao cartucho oval, em alusão ao formato do rótulo de cada garrafa, e que leva o nome de cada cuvée: verde para Perrier-Jouët Grand Brut, rosa para Perrier-Jouët Blason Rosé, e ouro para Perrier-Jouët Blanc de Blancs. Em linha com a relação simbiótica da Maison com a natureza e seu compromisso com sua preservação, que se estende desde o momento do cultivo até o produto final, toda a oferta de “gifting” da casa será sustentável até 2022.

Sobre a Maison Perrier-Jouët

Fundada em 1811 em Epernay, a Maison Perrier-Jouët é uma das casas de champagne mais históricas e lendárias da França, e uma das mais distintas também. É reconhecida por seus champagnes elegantes e complexos, que revelam a verdadeira essência da cepa Chardonnay, e por sua tradição duradoura de savoir-faire, que se traduz em uma experiência incomparável de apenas 7 Cellar Masters desde a sua fundação. 

É uma Maison singular, com espírito familiar e profundamente influenciada pelo amor de seus fundadores pela natureza e pela arte - duas inspirações que se fazem presentes na história da marca e que permitem criar experiências excepcionais no cotidiano de quem ama este belo champagne e o Art de Vivre francês. 

Desde sua famosa colaboração com Emile Gallé, pioneiro do movimento Art Nouveau e criador do design das famosas anêmonas para seu cuvée de prestígio Perrier-Jouët Belle Epoque, a Perrier-Jouët encomendou trabalhos de artistas consagrados e emergentes como Daniel Arsham, Noé Duchaufour-Lawrance, Mighel Chevalier, Makoto Azuma, Tord Boontje, Studio Glither e Simon Heidjens, e o brasileiro Vik Muniz, entre outros, para ilustrar suas belas garrafas. 

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem