Transmissões ao vivo são sucesso no Brasil

 

Lives _ divulgação

Com a pandemia, muitos negócios tiveram que se adaptar para não saírem do mercado. No setor de entretenimento, não foi diferente. Para continuar se divertindo, mas sem sair de casa, o brasileiro encontrou nas transmissões online, uma forma de passar pela quarentena de um jeito mais leve. Um levantamento realizado pelo Google, responsável pela plataforma de vídeos YouTube, revelou que as lives já foram assistidas por mais de 85 milhões de pessoas no Brasil. 

Especialista neste mercado, a Red Streaming, empresa especializada em lives e produção de vídeos, trabalha focada na direção e equipe técnica, além de oferecer uma estrutura completa e espaços para lives. 

Na avaliação de Ana Luísa Tomé, sócia-proprietária da Red, a pandemia trouxe uma resignificação dos negócios. “É preciso se reinventar para continuar no jogo. A crise gerada pela Covid-19 vai além da saúde e impacta todas as áreas da vida em sociedade. Foram criados novos hábitos de consumo, existe uma expectativa diferente do público e foi necessário repensar sobre como gerenciar essas mudanças”, destaca. 

Para simbolizar a nova fase, a empresa também está de casa nova. A sede, agora, é no Estádio Nacional de Brasília Mané Garrincha. “O ano de 2020 foi muito diferente de tudo que vivemos e tivemos que ousar com a reinvenção dos negócios e forma de lidar com o público. Esse novo local representa para nós uma nova era dentro da empresa”, reitera Tomé.

Os dados do Google apontaram que o formato de transmissões ao vivo fez muito sucesso em meio à pandemia. A pesquisa foi realizada com entrevistados de 18 a 54 anos, em junho de 2020. Dos consultados, 71% disseram ter assistido a pelo menos uma live, 38% disseram ter visto seis ou mais delas e 24% viram mais de dez. 

Red Streaming

@redstreaming

https://linktr.ee/redstreaming

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem