Depois do carnaval eu começo...

Você é do time que defende que o ano só começa de fato depois do carnaval? Que aliás em 2021 está de cara nova, mais contido e com novas regras, em função da pandemia. Mas, ainda assim, "depois do carnaval" costuma ser um marco na vida de muitos para colocar em prática os projetos pessoais programados para o novo ano: ingressar em um curso, aprender um novo idioma, mudar de carreira, cuidar mais da saúde, priorizar momentos de autocuidado na rotina ou seja lá qual for o projeto que está esperando no fundo daquela gaveta, quem sabe até já foi registrado no planner anual.


Só depois do Carnaval / Foto: Freepik


Comumente o carnaval é considerado como uma pausa nas obrigações e na rotina, para alguns momento de curtir a folia e para outros um tempo de descanso. Talvez por isso, esse feriado nacional sirva de contexto para nos afastarmos dos afazeres, uma forma de ganhar fôlego para enfrentar a correria insana que dia a dia nos impõe. Não há nada de errado com isso, é apenas um recorte cultural da nossa sociedade.


Mas ao deixarmos nossos planos suspensos para serem concretizados depois do carnaval ou quando a pandemia acabar, por exemplo, devemos observar e questionar se não estamos na verdade esperando por condições ideais para executá-los. E mais, será que tais condições são realmente necessárias para tirarmos  planos do papel? Devemos considerar se o que nos impede de começar hoje está de fato ligado à condições externas a nós mesmos, como o carnaval e pandemia?


É importante que criemos condições para fazer aquilo com o que nos comprometemos. Comece de onde você está e com o que você tem, e a realidade que você tanto adia é aquela que vai moldar o seu fazer nesse projeto pessoal que você deseja. Pense, qual pode ser o primeiro pequeno passo? Não precisa começar grande, precisa de constância e consistência.

Poste um Comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem