Caesb facilita processos com clientes e fornecedores

Pensando na comodidade de clientes e fornecedores, a Companhia de Saneamento Ambiental do Distrito Federal (Caesb) criou uma ferramenta on-line que possibilita peticionar processos e documentos sem a necessidade de os interessados irem pessoalmente à empresa.


O chamado Peticionamento Web é um módulo de apoio ao Sistema de Gestão de Documentos (Gdoc) da Caesb – utilizado pelos empregados da companhia para a expedição de atos administrativos necessários à condução da empresa. Com a criação desse novo módulo, os clientes serão beneficiados com a informatização e modernização de processos.


 

O cidadão que usar o sistema vai acompanhar a movimentação do documento praticamente da 
mesma forma que os funcionários da empresa | Foto: Divulgação/Caesb

 

As solicitações feitas por meio do Peticionamento Web serão tramitadas automaticamente para as áreas da Caesb responsáveis por respondê-las. Dessa forma, o usuário externo não precisa se preocupar com a tramitação. No momento, dois tipos de pedidos podem ser feitos pelo público externo: consulta de interferência de rede e consulta ao cadastro. Nesses casos, serão fornecidas as plantas das redes da Caesb. Outros processos serão incluídos futuramente, de acordo com a demanda.

 

“Os principais benefícios são a economicidade e a transparência Sandro Livino de Siqueira, analista de Suporte ao Negócio


 O analista de Suporte ao Negócio da Caesb Sandro Livino de Siqueira, responsável pelo desenvolvimento do sistema, explica que o usuário externo terá total visibilidade dos documentos de seu interesse, salvo os de acessos restritos, e poderá acompanhar o cumprimento de prazos por parte da Companhia, que já estarão definidos na data da solicitação.


 “Os principais benefícios são a economicidade e a transparência. Economicidade tanto do lado da população, que não precisará mais se deslocar fisicamente à Caesb para peticionar, quanto do lado da Companhia, que, de forma quase instantânea, reduzirá custos com material de expediente, uma vez que não será mais necessário imprimir recibos, por exemplo, e custos com pessoal, pois não precisará disponibilizar atendentes para receber e distribuir os documentos”, exalta Sandro.


 

O analista da Caesb também destaca que o solicitante será capaz de acompanhar todas as movimentações do item documental praticamente da mesma forma que os empregados o fazem, pela funcionalidade de histórico, podendo ver as tramitações, alterações e visualizações, entre outras informações.


Como usar o sistema

Para acessar o Peticionamento Web, basta abrir a página da Caesb na internet  ou clicar no endereço . Antes de iniciar o peticionamento de processos junto à Companhia, é preciso realizar um breve cadastro, clicando no link disponibilizado na tela inicial. Para a confirmação, deve ser feito o upload de alguns arquivos. No caso de pessoas físicas, são necessários o documento oficial com foto e a Declaração de Concordância e Veracidade.


Para pessoas jurídicas, o cadastro exige ainda comprovante de inscrição e Situação Cadastral da Pessoa Jurídica junto à Receita Federal, vínculo da pessoa física com a pessoa jurídica, como carta de preposto, procuração ou contrato social.


Finalizado o cadastro, uma equipe da Caesb irá analisar as informações prestadas e aprovar ou reprovar o cadastro. Antes disso, o proponente deve abrir a caixa de e-mail e confirmar o cadastro. Caso isso não seja feito, o usuário não terá acesso ao Peticionamento Web.



A assessora de Tecnologia da Informação da Caesb, Marcia Sabino Duarte, explica que o mais importante desta ferramenta é permitir que a população tenha uma melhor experiência com a companhia. “A ferramenta permitirá agilidade na análise de requisições e, consequentemente, uma melhor imagem da empresa em relação aos serviços prestados à população”, antecipa a assessora.


*Com informações da Caesb



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem