Começa a segunda etapa de instalação de lixeiras

Novos recipientes para coleta de lixo estão sendo instalados em toda a cidade 
Foto: Divulgação/SLU

 

“Queremos que a população tenha mais cuidado e carinho com as lixeiras, pois trata-se de investimento com o dinheiro do cidadão” Silvio de Morais, diretor-presidente do SLU


O Serviço de Limpeza Urbana (SLU) iniciou, nesta segunda-feira (15), a segunda etapa da instalação de lixeiras no DF. Serão mais 1.554 unidades, contemplando, desta vez, parques, áreas verdes e praças. Na primeira etapa, foram instaladas 5.415 lixeiras próximas a equipamentos públicos, paradas de ônibus e unidades de saúde, mas 89 delas já foram vandalizadas. No Deck Sul, lixeiras que já existiam no local foram depredadas neste fim de semana. O SLU, no entanto, já tomou providências e instalou mais 18 equipamentos no parque.

 

21 mil lixeiras serão instaladas no DF


“Ficamos muito tristes em ver as lixeiras totalmente destruídas”, manifestou-se o diretor-presidente do SLU, Silvio de Morais. “Logo agora, que iniciamos a segunda etapa com instalação em parques para reforçar a limpeza e somar com as lixeiras já existentes, acontece esse vandalismo. Queremos que a população tenha mais cuidado e carinho com as lixeiras, pois trata-se de investimento com o dinheiro do cidadão.”



Frequentadores do Deck Sul, como o casal Neide Marques e Euneli Almeida, caminham no local todos os dias e gostaram da notícia de novas lixeiras. “Percebemos o vandalismo”, disse Euneli. “Ficou uma situação muito feia, mas essas lixeiras chegaram em boa hora”.


A meta do governo é instalar 21 mil unidades, mas, até lá, é importante o apoio da população para manter a integridade das lixeiras. Assista, abaixo, ao vídeo produzido pelo SLU sobre o assunto.


 


*Com informações do SLU



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem