Drive-thru é a opção mais procurada para vacinação

O governador Ibaneis Rocha fez questão de acompanhar os procedimentos 
Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

 

“Com o aumento dos grupos prioritários, temos que ter cuidado para não gerar aglomerações. Sabemos da organização e do carinho dos profissionais da saúde” Governador Ibaneis Rocha


A imunização de idosos a partir de 72 anos começou nesta quinta-feira (18), e o governador Ibaneis Rocha aproveitou para visitar um dos pontos de vacinação mais frequentados da cidade, o Parque Sarah Kubitschek. Na ocasião, o chefe do Executivo local parabenizou e agradeceu os servidores da saúde pelo papel exemplar que estão desempenhando na linha de frente da pandemia do novo coronavírus.


Segundo o governador, a expectativa é que na próxima semana cheguem mais 70 a 80 mil doses de vacina. “Com isso, será possível ampliar o grupo prioritário para 70 e 71 anos”, informa. “Com o aumento dos grupos prioritários, temos que ter cuidado para não gerar aglomerações. Neste fim de semana, haverá vacinação sábado e domingo. Sabemos da organização e do carinho dos profissionais da saúde”.

 

Até o momento, foram imunizadas 172.444 pessoas com a primeira dose e 67.217 com a segunda


Ibaneis também adiantou que o GDF estuda acrescentar profissionais da saúde privada, como odontólogos e farmacêuticos que trabalham em laboratórios. “Queremos destinar cerca de 5% a 10% das vacinas para esse grupo prioritário que presta um grande serviço para a sociedade”, comenta.


Sobre os leitos de Unidade de Terapia Intensiva (UTI), o governador lembrou que, apesar de haver lista de espera, todos estão sendo atendidos: “Eles estão em leitos de UCI [Unidade de Cuidados Intensivos]. Estamos trabalhando para a assinatura de três hospitais acoplados, que serão contratados pelo Instituto BRB, além da licitação dos três hospitais de campanha”.

 



Pontos de vacinação

São 42 pontos de vacinação contra a covid-19. Até o momento, foram imunizadas 172.444 pessoas com a primeira dose e 67.217 com a segunda. O público estimado nas faixas etárias de 72 e 73 anos é de 12.204 e 11.221 pessoas, respectivamente.


O DF já recebeu 354.360 doses das vacinas CoronaVac e Covishield. Da primeira – produzida pelo Instituto Butantan em parceria com a farmacêutica chinesa Sinovac –, chegaram 287.360 doses. A segunda vacina é desenvolvida pela universidade inglesa de Oxford, com a farmacêutica sueco-britânica AstraZeneca. Desse imunizante, a capital federal recebeu 67 mil doses.


Não é necessário agendar atendimento. Tanto as salas de vacina, que abrem às 8h, quanto os drive-thrus, que começam a funcionar às 9h, receberão os pacientes até as 17h.




Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem