Empresa prioriza ações em unidades de saúde e postos de vacinação

Cerca de 60 profissionais estão fazendo inspeções em todo o DF / Foto: Divulgação/CEB-D

As ações preventivas de inspeção e manutenção da rede elétrica do Distrito Federal iniciadas pela CEB Distribuição, adquirida em dezembro pela Neoenergia, estão priorizando os circuitos que atendem hospitais, postos de saúde e pontos de vacinação.

45 Total de centros médico-hospitalares que terão circuitos vistoriados

Segundo a concessionária do serviço público, essas atividades estão em andamento e devem ser concluídas até o fim da próxima semana no Plano Piloto e nas demais 32 regiões administrativas do DF.

Com essa operação, a empresa informou que busca assegurar o fornecimento de energia elétrica nos pontos principais de combate da covid-19. Para evitar interrupção nessas atividades, serão inspecionados 30 alimentadores, totalizando cerca de 500 km de rede de média tensão.

Ainda de acordo com a CEB-D, estão trabalhando nessa missão cerca de 60 profissionais, entre eletricistas, técnicos e engenheiros. Além disso, para atuar com mais agilidade nas emergências, a distribuidora disponibilizou um canal de relacionamento exclusivo com as unidades de saúde.

“Aqui, no Distrito Federal, a CEB-D também não medirá esforços para colaborar com o enfrentamento da pandemia” Frederico Candian, presidente da CEB Distribuição

Mapa da saúde

No Distrito Federal, a CEB-D mapeou 45 centros médico-hospitalares que terão vistoriados todos os circuitos de suprimento de energia.

A CEB-D também oferecerá o suporte necessário para instalação dos três hospitais de campanha anunciados pelo Governo do Distrito Federal.

Das 41 subestações existentes na área de concessão, 23 serão inspecionadas prioritariamente por atenderem hospitais, clínicas e postos de saúde.

“A Neoenergia tem compromisso com a responsabilidade social em todos os estados onde atua”, destaca o presidente da CEB Distribuição, Frederico Candian. “Aqui, no Distrito Federal, a CEB-D também não medirá esforços para colaborar com o enfrentamento da pandemia “, complementa.

A depender da necessidade, acrescentou a empresa, podem haver podas de árvores, elaboração de projetos para avaliar a capacidade instalada de energia e análise dos geradores das unidades de saúde.



Fonte Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem