Queiroga é nomeado e Ministério da Saúde chega ao quarto representante na pandemia

 

Queiroga - Brasil 61

O médico cardiologista Marcelo Queiroga foi empossado como ministro da Saúde. A posse aconteceu nesta terça-feira (23), em cerimônia privada no Palácio do Planalto. 


Com a exoneração de Eduardo Pazuello e a nomeação de Queiroga, o ministério chega ao quarto representante em um ano de pandemia. A pasta tinha como ministro Luiz Henrique Mandetta, desde o início do governo de Jair Bolsonaro. Mandetta, porém, foi substituído por Nelson Teich, que também foi trocado durante a pandemia, pelo general Pazuello.


Brasil vive “maior colapso hospitalar da história” e especialistas projetam futuro dramático

Após municípios receberem 24 milhões de doses, vacinação pode acelerar com novas entregas

Governo verifica 50 mil inconsistências nas vacinações, como doses aplicadas em falecidos


Queiroga é presidente da Sociedade Brasileira de Cardiologia. Ele se formou em medicina pela Universidade Federal da Paraíba (UFPB) e fez especialização em cardiologia no Hospital Adventista Silvestre, no Rio de Janeiro. 



Em nota, o Ministério da Saúde afirma que ele “atende aos critérios técnicos e ao perfil de reputação ilibada exigidos para o cargo, com ampla experiência na área, não só da saúde, mas de gestão”. 
 



Fonte: Brasil 61

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem