Enquanto 4 mil morrem por dia de covid, empresários aplaudem Bolsonaro; veja a lista

Em São Paulo, o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) jantou com empresários de diversos setores, na noite da última quarta-feira (7).

Após discursar, o ex-militar foi ovacionado pelo grupo. Horas antes, o Brasil registrou 3.733 mortes por covid-19 e chegou a 341 mil óbitos, em decorrência da doença. Já são 13,1 milhões de contaminados.

O presidente foi ao jantar acompanhado dos ministros Paulo Guedes (Economia), Fábio Faria (Comunicação), Tarcísio de Freitas (Infraestrutura) e Marcelo Queiroga (Saúde).

Também estavam na comitiva o presidente do Banco Central, Roberto Campos Neto, e o general Augusto Heleno, chefe do Gabinete de Segurança Institucional (GSI).

Durante o encontro, o presidente falou sobre a campanha de vacinação no país, incentivada recentemente por Bolsonaro, após um ano de pandemia. Na reunião, nenhum dos convidados, ou o anfitrião, utilizaram máscara.

O anfitrião da noite foi Washington Cinel, dono da Gocil Serviços de Vigilância e Segurança Ltda, que também organizou, no dia 22 de março, outro encontro de empresários com políticos. Na época, um jantar com os presidentes da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), e do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG).

O jornal Valor Econômico noticiou que outros empresários ficaram incomodados com o encontro. De acordo com a publicação, esse grupo acredita que Cinel reuniu em sua casa uma parcela minoritária do setor e que isso não significa um apoio do setor ao presidente.

Na reunião de quarta-feira (7) à noite, estariam apenas os bolsonaristas convictos, que já seguem o ex-militar em suas decisões.

O Brasil de Fato organizou a lista com alguns dos nomes que estiveram presentes no jantar de apoio a Bolsonaro. Veja a lista:

Wasington Umberto Cinel, da Gocil Serviços de Vigilância e Segurança Ltda
Alberto Saraiva, do Habib’s
Rubens Ometto, da Cosan S.A.
André Esteves, do BTG Pactual
Claudio Lottenberg, da Confederação Israelita do Brasil e Hospital Albert Einstein
João Camargo, do Grupo Alpha de Comunicação
Tutinha Carvalho, da Jovem Pan
Ricardo Faria, da Granja Faria
Luiz Carlos Trabuco, do Bradesco
Flávio Rocha, da Riachuelo
Rubens Menin, da MRV, CNN e do Banco Inter
Candido Pinheiro, da Hapvida
Carlos Sanchez, da EMS
David Safra, Banco Safra
José Roberto Maciel, do SBT
José Isaac Peres, da Multiplan
Alberto Leite, da FS Security



Fonte: Brasil de Fato

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem