Espetáculos de circo em drive-in itinerante em Taguatinga

Depois de um longo período sem pisar no tablado, artistas do circo e do teatro atuam, com orgulho e felicidade, no palco do Cine Teatro Itinerante Drive-in, montado no Taguaparque (Taguatinga), com apresentações gratuitas até o dia 27 deste mês. O projeto é proveniente de Termo de Fomento celebrado entre a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) e a Organização da Sociedade Civil (OSC) Instituto Missão Hoje (IMH), num aporte de R$ 600 mil, com geração de 125 empregos diretos e indiretos.

“É um desafio, porque estamos acostumados a trabalhar debaixo da lona. É um espetáculo totalmente diferente, ao ar livre” Joici Portugal, trapezista do Circo Portugal

Regido por Marco Regulatório (MR) com recursos que têm origem em emenda parlamentar para finalidades de interesse público, o projeto beneficia diversas categorias da  cadeia da economia criativa do DF, como artistas, equipe técnica, brigadistas, seguranças e técnicos em tecnologia.

“Nós abraçamos esse projeto porque sabemos das dificuldades que os circenses, sobretudo, passaram, com mais de um ano sem exercitar a sua arte”, explica o secretário de Cultura e Economia Criativa, Bartolomeu Rodrigues.

Começar de novo

Com a oportunidade de se reinventar, os circenses preparam espetáculos com dinossauros de tamanho e movimentos reais e apresentações de mágica, contorcionismo, malabarismo, palhaços e shows de super-heróis.

“Todos do circo estão muito animados”, conta a trapezista e mágica Joici Portugal, do Circo Portugal. “É um desafio, porque estamos acostumados a trabalhar debaixo da lona. É um espetáculo totalmente diferente, ao ar livre. Mas eu tenho certeza de que a emoção é imensa.”

A subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural Sol Montes, avalia com positivo o evento produzido com segurança e totalmente focado ao universo circense. “Esse projeto reflete todos os interesses da Secec em realizar um projeto para um segmento artístico vulnerável, ao mesmo tempo que promove uma atividade cultural segura e de acesso ao público”, valoriza.

Dentro das regras de acessibilidade, o espaço no Taguaparque conta com rampas e banheiros exclusivos para portadores de necessidades especiais. Tanto em frente ao palco quanto nos bastidores, todos os protocolos de segurança são seguidos.

A locutora e mágica Michelle Ayko, proprietária do Master Circo, conta que as apresentações foram elaboradas somente com números solo, devido às limitações da estrutura. Voltados ao público infantil, os espetáculos têm feito sucesso. “A organização do evento está de parabéns”, afirma.

Medidas de proteção

Devido à pandemia de covid-19, para proporcionar maior segurança, o público só poderá assistir ao espetáculo no formato drive-in. O acesso de carros será controlado pela produção do evento. Todos os passageiros e motoristas deverão obrigatoriamente usar máscara, bem como manter, nos carros, a distância mínima de dois metros um do outro.

Devem ser respeitadas todas as normas de segurança previstas  no decreto governamental destinado ao isolamento social. O intuito é levar ao público a sensação de uma sala de cinema integrada ao teatro. É vedada a comercialização de produtos, e a organização disponibiliza álcool gel para toda a equipe de trabalho.

Cine Teatro Itinerante Drive-in

Sábado (19)

  • Manhã: Cia Titeritar (11h) e Ser Criança (11h45).
  • Tarde: Bagagem e Cia de Bonecos (16h30), Artetude (17h15) e Espetáculos do Circo Vitória (18h).

Domingo (20)

  • Manhã: Mágico Tio André (11h) e Mamulengo Fuzuê (11h45).
  • Tarde: Palhaço Godinho (16h30), Espetáculos do Circo Portugal (17h15), Turma do Cerradinho (18h) e Espetáculos do Master Circus (18h45).

Sábado (26)

  • Manhã: Artetude (11) e Bagagem e Cia de Bonecos (11h45).
  • Tarde: Cia Titeritar (16h30), Ser Criança (17h15) e Espetáculos do Circo Dubai (18h).

Domingo (27)

  • Manhã: Turma do Cerradinho (11h) e Palhaço Godinho (11h45).
  • Tarde: Mamulengo Fuzuê (16h30), Mágico Tio André (17h15) e Espetáculos do Circo Rainer (18h).

*Com informações da Secretaria e Cultura e Economia Criativa



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem