Quase 160 mil vacinas em moradores de outros estados

Durante a campanha de imunização contra a covid-19, que segue em andamento, o Distrito Federal já aplicou um total de 1.304.405 vacinas. Como o acesso ao Sistema Único de Saúde (SUS) é universal, a capital federal não impede que pessoas residentes em outras unidades da Federação iniciem o esquema vacinal no DF. Com isso, a Secretaria de Saúde (SES) registrou, desde o início da campanha, a procura de cidadãos vindos de todos os estados brasileiros ao DF em busca de imunizante. Até o momento, foram aplicadas 159.345 doses em residentes de outros estados.

Secretaria de Saúde já vacinou 953.445 pessoas com a D1 | Foto: Geovana Albuquerque/Agência Saúde

Com a primeira dose, foram 50.696 moradores de Goiás vacinados; já com a segunda dose, foram imunizados 21.508. Do estado de Minas Gerais, 12.796 tomaram a dose inicial e 5.585, o reforço. A SES lembra que, para receber a segunda dose e completar a imunização, é necessário ter recebido a dose inicial no DF e apresentar o cartão de vacina em qualquer um dos pontos de vacinação.

Boletim semanal

Os dados apresentados foram divulgados no balanço semanal da Secretaria de Saúde e extraídos do SI-PNI do Ministério da Saúde, alimentado pela pasta. Por meio das informações do Cartão Nacional de Saúde, é possível identificar o local de residência do cidadão.

O balanço aponta que 96,6% dos trabalhadores da Saúde, seja da rede pública ou privada, iniciaram o esquema vacinal, enquanto 72,7% i concluíram. Do grupo de comorbidades, as pessoas com hipertensão de difícil controle e com diabetes mellitus representam a maior parte dos imunizados – 37,8% e 24,4%, respectivamente.

O boletim traz as doses perdidas durante a campanha, lembrando que 10% das vacinas são reservadas tecnicamente para suprir tais perdas. O número leva em conta o total de imunizantes disponíveis.

Houve a perda de 7.576 doses, sendo 7.009 por volume insuficiente no frasco. A pasta lembra que, em 5 de março, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária autorizou que o Instituto Butantan reduzisse o envase da vacina CoronaVac, passando de 6,2 ml para 5,7 ml. Após essa data, houve um aumento significativo de queixas técnicas de volume inferior ao descrito em bula.

Até o momento, a Secretaria de Saúde já vacinou 953.445 pessoas com a primeira dose, 337.056 com a segunda dose e 13.904 com a dose única (DU) do imunizante Janssen. A cobertura é de 41,88% para D1, 15,19% para D2 e 0,60% para a DU, considerando a população elegível para vacinação, que são adultos a partir de 18 anos.

*Com informações da Secretaria de Saúde



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem