A relação entre a má alimentação e saúde bucal

 

foto: Freepik



Toda e qualquer pessoa deve saber a influência entre a má alimentação e saúde bucal, e os prejuízos que podem ocorrer para o corpo humano. Afinal a refeição balanceada e correta influencia diretamente na qualidade de vida, e o mesmo ocorre quando ela é inadequada.

Não se trata apenas de um sorriso bonito, ou a ausência de um ou mais dentes dentro da boca. Muitos alimentos são responsáveis por doenças crônicas que ocorrem no organismo, bem como pela intensificação de riscos diversos.

A obesidade, a diabetes e a hipertensão podem ser controladas se o cardápio que compreende o café da manhã, o almoço e o jantar for equilibrado e rico em vitaminas e nutrientes.

Frutas e temperos ácidos devem ser evitados

O consumo de frutas e verduras faz parte da dieta saudável. O problema está quando há excesso de ingredientes que não fazem muito bem para os dentes ou para o organismo.

No caso das saladas, por exemplo, muitas pessoas recorrem ao vinagre para temperar as verduras e legumes, além do sal para realçar o sabor dos alimentos. Esses ingredientes, se usados com sabedoria, não apresentam riscos. Mas, em exagero, podem provocar erosões e outras doenças sistêmicas.

Quem possui implante dentário de resina, por exemplo, pode ter a peça substituta prejudicada, pois a composição do vinagre é ácido, fazendo mal até mesmo para os dentes naturais e ph da mucosa.

As frutas como abacaxi, laranja e limão também causam esse tipo de problema, pois o nível de acidez presente na composição é muito alto. Se a quantidade consumida for elevada, isso prejudica o esmalte dos dentes.

Uma solução é utilizar vinagres menos ácidos nas saladas, como o produzido a partir do arroz. No caso do consumo de frutas, o ato de beber água diminui a acidez sobre os dentes, funcionando como um agente benéfico para a saúde.

Quem sabe o valor de um implante dentário tem que se preocupar com a saúde bucal. Não pode ser o consumo de uma salada devidamente temperada ou um suco de fruta natural que vai prejudicar todo o trabalho realizado.

Assim, é preciso equilibrar o uso dos produtos e realizar a higienização correta após o consumo de alimentos mais ácidos.

Corantes alteram a cor dos dentes

Com o passar dos anos, a coloração dos dentes pode ficar mais amarelada ou escurecida. Isso pode ser causado pelo consumo de alimentos que possuem corantes artificiais, entre eles:


Bolachas recheadas;


Doces e balas


Refrigerantes;


Sorvetes;


Sucos industrializados.

Para recuperar a estrutura, as clínicas odontológicas oferecem o tratamento de limpeza e clareamento dental, proporcionando um retorno às características originais dos dentes, desaparecendo com manchas que surgem por causa do consumo desses produtos.

Por fazer parte de uma alimentação repleta de açúcar, esses alimentos ainda provocam a cárie e são prejudiciais à saúde, de uma forma geral, pois estão relacionados à obesidade.

Dessa forma, eles devem ser evitados ao máximo, ou serem substituídos por alimentos mais saudáveis.

O mercado oferece uma série de produtos que podem ser consumidos em substituição aos refrigerantes e sucos industrializados, por exemplo.

O suco natural de frutas pode ser feito a partir da polpa, com adoçantes que não prejudicam a saúde dos dentes e podem ser consumidos por pessoas diabéticas.

No entanto, caso a dentição já tenha sido prejudica e haja o desejo de tornar o sorriso mais branco e brilhante, é possível verificar junto ao odontologista quanto custa um clareamento dental e a viabilidade de realizar o procedimento.

É importante ressaltar que, após esse tratamento, alguns alimentos, mesmo que sejam nutricionais e façam parte de um cardápio adequado, devem ser evitados para não prejudicar o andamento. Entre eles estão o molho de tomate, o açaí, o chocolate e o café.

O consumo desses produtos pode voltar para a dieta assim que o profissional da área de odontologia verificar se está tudo certo com o tratamento de limpeza e clareamento, mas é necessário manter atenção ao consumo exagerado e processo de higienização.

Sementes e grãos podem trincar acessórios

A correção da arcada dentária é um tratamento estético muito procurado por pessoas que buscam o sorriso perfeito, ou de celebridades.

Esse objetivo pode ser alcançado de diferentes modos, como pelo uso do aparelho ortodôntico, ou mesmo por meio da aplicação da lente de contato dental.

Na prática, o tratamento consiste em uma película ultrafina que mede entre 0,02 mm e 0,06 mm, podendo ser produzida em resina ou porcelana e é aplicada sobre a dentição.

Para garantir a durabilidade do sorriso e das estruturas como lente de contato dental, que pode ser entre 5 e 10 anos, o paciente precisa tomar cuidado ao consumir sementes e grãos, bem como outros alimentos mais duros.

Isso porque a resistência desses produtos alimentares pode trincar a lente de contato, bem como o dente natural, exigindo o retorno à cadeira de dentista o quanto antes.

Por fim, manter a higienização constante dos dentes é essencial, sempre com uma escova com cerdas macias, aplicação de fio dental e um enxaguante bucal.



Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem