Saúde recebe doação de computadores, celulares e máscaras

“Que tenhamos muito sucesso nesse momento em que a gente necessita tanto da cooperação de todas as pessoas que realmente se preocupam com o ser humano” Osnei Okumoto, secretário de Saúde

A Secretaria de Saúde (SES) recebeu, nesta segunda-feira (28), 100 celulares, três computadores e 2 mil máscaras N95 para dar suporte às equipes da Atenção Primária que atuam no processo de vacinação no Distrito Federal. A doação foi feita em parceria entre os grupos Unidos pela Vacina e Mulheres em Movimento, a cooperativa Sicoob Unicentro BR, Geroclínica e Grupo Setec de Segurança e Tecnologia.

“Esses celulares são muito importantes para a Secretaria de Saúde na divulgação da vacinação, bem como os computadores, para a contabilização dela. Que tenhamos muito sucesso, muita saúde nesse momento em que a gente necessita tanto da cooperação de todas as pessoas que realmente se preocupam com o ser humano.”

Material foi reunido por meio de parceria com a iniciativa privada e grupos voluntários | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

Os grupos Mulheres em Movimento e Unidos pela Vacina mapeiam as áreas que julgam necessitar de ajuda e contam com as entidades parceiras para dar esse suporte nas doações. O movimento reúne em todo o país mais de 3 mil pessoas, entre empresários, artistas, atletas, cientistas, representantes de entidades setoriais, instituições, associações, comunidades e ONGs, unidas pelo único propósito de tornar viável a vacinação de todos os brasileiros.

Parceria no enfrentamento

“É muito importante para todos que a gente consiga sair logo dessa situação de calamidade, amenizar o que possa ter de perdas e tentar levantar a cabeça de novo e voltar a nossa vida o mais próximo do normal de novo”, declarou o diretor de Relacionamento e Inovação do Sicoob Unicentro BR, Diogo Mafia.

O coordenador da Atenção Primária à Saúde, Fernando Erick Dasmasceno, enfatizou que ações como essa fazem toda diferença na contabilização e divulgação da vacina: “As doações ajudarão no enfrentamento da pandemia e vão se transformar em uma melhor entrega de serviço, em qualificação dos processos, em melhor segurança”.

Os computadores serão usados para fortalecer os núcleos de vigilância epidemiológica da Atenção Primária, responsáveis pela informatização da campanha de vacinação contra a covid-19. “Existe um corpo técnico dedicado a fazer com que essa campanha de vacinação seja a melhor possível, e estamos contando com inúmeras ajudas e apoios que estão sendo imprescindíveis para o desenvolvimento da nossa operação”, disse Erik Damasceno.

*Com informações da Secretaria de Saúde



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem