Secretaria de Cultura credencia 327 pareceristas para o FAC

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) publicou, no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (29), o resultado preliminar do edital Nº 10/2021. O certame tem o objetivo de credenciar pessoas físicas para exercerem as atividades de avaliação técnica e de mérito cultural de projetos inscritos nas seleções do Fundo de Apoio à Cultura – FAC. Totalizando 426 inscritos, o processo seletivo credenciou preliminarmente 327 candidatos.

O FAC é o principal instrumento de fomento às atividades artísticas e culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF que oferece apoio financeiro a fundo perdido

O chamamento público vai criar um banco de pareceristas, com profissionais credenciados e habilitados que atuarão, de acordo com suas áreas de especialização, na seleção de projetos culturais apoiados pelo Fundo de Apoio à Cultura, mecanismo de incentivo e fomento da cultura local.

Cada candidato poderia efetuar inscrição em até cinco segmentos artísticos. Dos 426 inscritos, 16 atingiram essa marca. Cada profissional selecionado após a divulgação do resultado final receberá, por avaliação, entre R$ 75 e R$ 400, dependendo da complexidade do projeto analisado.

Cabe recurso fundamentado quanto ao resultado preliminar, que deverá ser encaminhado no prazo de cinco dias corridos, a partir desta quarta-feira (30) até o próximo domingo (4), ao e-mail pareceristas.fac@cultura.df.gov.br.

Fundo de Apoio à Cultura (FAC)

O FAC, criado em 1991 e alterado pela Lei Complementar 267 de 1997, é o principal instrumento de fomento às atividades artísticas e culturais da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF. Oferece apoio financeiro a fundo perdido e seus projetos são selecionados por editais públicos.

Por meio do FAC, são produzidos filmes, peças de teatro, CDs, DVDs, livros, exposições, oficinas e inúmeras circulações artísticas em todo o DF. A principal fonte de recursos do Fundo consiste em 0,3% da receita corrente líquida do Governo Distrito Federal.

Os objetivos do FAC estão vinculados aos Programas de Fomento definidos pela Secretaria e discutidos no Conselho de Cultura do DF, órgão que também é responsável por aprovar os projetos que solicitam apoio financeiro ao FAC.

Confira na íntegra o resultado preliminar

 

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem