CTA fez cerca de 3,4 mil atendimentos de janeiro a maio

Em cinco meses, o Centro de Testagem e Aconselhamento (CTA) fez cerca de 3,4 mil atendimentos à população do Distrito Federal. O CTA é uma unidade da Atenção Secundária, vinculada ao Hospital Dia da Asa Sul, e funciona no mezanino da Rodoviária do Plano Piloto. No local, podem ser feitos testes para detecção de infecções sexualmente transmissíveis (ISTs), aconselhamento sobre ISTs e retirada de preservativos.

Para os exames de HIV, sífilis e hepatite B e C, o material é colhido e analisado no próprio CTA e entre 20 e 60 minutos o paciente terá em mãos o resultado do exame | Fotos: Breno Esaki/ Agência Saúde-DF

Mensalmente, a unidade distribui 43 mil preservativos masculinos e mil preservativos femininos. Durante a pandemia, observou-se que a procura por esses atendimentos teve uma leve baixa. De janeiro a maio de 2021, a média mensal de atendimentos ficou em cerca de 680 usuários ao mês.

Além dos exames clínicos, o serviço oferece aconselhamento e abordagem sindrômica a portadores de ISTs e profilaxia pós-exposição sexual (PEP) e ocupacional ao HIV

O CTA funciona de segunda a sexta-feira, das 8h às 19h, e atende pessoas a partir dos 13 anos de idade. Os atendimentos são direcionados a toda a população, sem necessidade de agendamento, basta que o usuário se apresente na unidade com desejo de fazer um dos quatro tipos de exames realizados na unidade: HIV, sífilis, hepatite B e C. O material é colhido e analisado ali mesmo e entre 20 e 60 minutos o paciente terá em mãos o resultado do exame.

Além dos exames clínicos, o serviço oferece aconselhamento e abordagem sindrômica a portadores de ISTs e profilaxia pós-exposição sexual (PEP) e ocupacional ao HIV. Ou seja, a prevenção da infecção pelo HIV usando medicamentos antivirais. Esses medicamentos estão disponíveis para pessoas que tenham entrado em contato com o vírus recentemente – seja por meio de sexo sem camisinha ou de violência sexual ou pela exposição ocupacional, no caso de profissionais de saúde que se acidentaram com objetos cortantes ou agulhas.

“Sinto-me grata por fazer parte de uma equipe tão comprometida e de um serviço tão importante, que permite a qualquer cidadão acesso fácil e rápido ao aconselhamento, testagem, diagnóstico e tratamento precoces das ISTs” Jaqueline Menezes, chefe do Centro de Testagem e Aconselhamento

Análise

Para a profilaxia pós-exposição, a equipe analisa cada caso e, enquadrando no perfil de uso medicamentoso, orienta sobre como iniciar o esquema. A PEP dura 28 dias ininterruptos e atua impedindo a infecção do vírus. Os medicamentos são disponibilizados no SUS pelo Ministério da Saúde e podem ser iniciados em até 72 horas (três dias) após a exposição.

Em caso de o teste apresentar resultado positivo a alguma IST, a equipe orienta sobre o início do tratamento. Outra opção é o autoteste de HIV, que também é oferecido no CTA.

Além desses cuidados, a unidade oferece um serviço ambulatorial dedicado aos homens acometidos por lesões de HPV. Esse atendimento funciona das 14h às 22h, com agendamento prévio. Após ser atendido, o paciente recebe um questionário, contendo em média cinco perguntas, para a avaliação de satisfação com o atendimento. Esses dados são analisados mensalmente para maior controle das condutas a serem adotadas pela equipe do CTA.

A chefe do Centro de Testagem e Aconselhamento, Jaqueline Menezes, fala da satisfação de trabalhar num local onde pode ajudar as pessoas diariamente. “Como gestora da unidade, sinto-me grata por fazer parte de uma equipe tão comprometida e de um serviço tão importante, que permite a qualquer cidadão o acesso fácil e rápido ao aconselhamento, testagem, diagnóstico e tratamento precoces do HIV, sífilis, hepatites B e C e demais ISTs. Viva o SUS”, finaliza.

*Com informações da Secretaria de Saúde



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem