DF vai participar da Expo Dubai em busca de investimentos

O desenvolvimento econômico do Distrito Federal foi o foco da reunião realizada esta semana entre o secretário de Desenvolvimento Econômico, José Eduardo Pereira Filho, a chefe do Escritório de Assuntos Internacionais do DF, Renata Zuquim, e o embaixador do Kuwait, Nasser Riden Thamer. O encontro, na embaixada do Kuwait, tratou também da participação da capital brasileira na Expo Dubai 2020. “A visita ao embaixador Nasser significa aproximação e estruturação de uma relação firme para investimentos no DF”, explicou o secretário de Desenvolvimento Econômico.

Reunião dos representantes do GDF com o embaixador do Kuwait tratou do desenvolvimento econômico do Distrito Federal | Foto: Divulgação SDE

A Expo Dubai 2020 foi adiada e será realizada de 1º de outubro deste ano a 31 de março de 2022. É um dos eventos mais importantes do mundo, realizado a cada cinco anos; e, nesta edição, receberá representantes de 192 países, além de empresas, organizações multilaterais e estabelecimentos de ensino.

“Conversar com grandes investidores faz parte para definirmos como nos apresentaremos na Expo. O Kuwait possui um fundo de riqueza soberana que financia projetos em países em desenvolvimento e possui interesse em empreendimentos no Brasil”, explicou José Eduardo.

Segundo o embaixador Nasser, o fundo pode ajudar a desempenhar um papel importante nesse campo, o que refletirá positivamente nas relações entre o Kuwait e o Brasil.

O Fundo do Kuwait para Desenvolvimento Econômico Árabe é o quinto maior fundo de riqueza soberana do mundo. Com interesse em empreendimentos na área de infraestrutura no Brasil, pode cooperar na realização de empréstimos e doações por meio de assistência técnica em subvenções para o financiamento de estudos técnicos, econômicos e financeiros. “O Estado do Kuwait tem uma séria intenção de investir nas áreas de infraestrutura, energia e segurança alimentar”, afirmou o embaixador.

A chefe do Escritório de Assuntos Internacionais, Renata Zuquim, lembrou o quão positiva é essa aproximação com a Câmara de Comércio Árabe e com as próprias embaixadas. “A atração de investimentos é uma importante ferramenta para a projeção internacional de Brasília e do DF”, afirmou.

A reunião contou também com participação do secretário executivo da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE), Bruno Watanabe, e do assessor do Escritório de Assuntos Internacionais, Emiliano Abreu.

 

*Com informações da SDE

 



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem