Mais segurança para usuários no acesso à Escola Olhos d’Água

Com a proximidade da volta às aulas presenciais da rede pública de ensino, a comunidade que integra a Escola Classe Olhos d’Água, na área rural do Taquari, está prestes a receber uma melhoria viária. A pavimentação de um trecho de 500 metros vai beneficiar aproximadamente 250 alunos e 50 servidores do colégio.

“Essa obra significa que as crianças não terão mais que conviver com a poeira e com a lama para chegarem à sala de aula” Maria de Lourdes Abreu, tia de uma aluna

O serviço é executado por administração direta, ou seja, com recursos e maquinário próprios do Departamento de Estradas de Rodagem do Distrito Federal (DER), e conta com a força de trabalho de 12 operários. Até o momento, a obra se encontra na fase de terraplenagem, o que representa aproximadamente 15% da execução dos serviços programados.

Na sequência, serão trabalhadas as etapas de base e a sub-base e a implantação da capa asfáltica nos 500 metros que abrangem a área. A estimativa é que sejam aplicadas aproximadamente 347 toneladas de Concreto Betuminoso Usinado Quente (CBUQ). Posteriormente será implantada sinalização horizontal e vertical.

Atualmente na fase de terraplanagem, obras têm a previsão de utilizar 347 toneladas de Concreto Betuminoso Usinado Quente (CBUQ) | Foto: Divulgação/DER

“A colocação de asfalto era um desejo de todos”, comenta a comerciante Maria de Lourdes Abreu, que tem uma sobrinha na escola. “Essa obra significa que as crianças não terão mais que conviver com a poeira e com a lama para chegarem à sala de aula.”

“Essas intervenções vão garantir que as crianças cheguem às escolas com mais segurança, comodidade e, sobretudo, com mais dignidade” Cristiano Cavalcante, superintendente de Obras do DER

Caminhos mais acessíveis

A obra em andamento na Escola Classe Olhos d’Água faz parte de uma série de melhorias programadas para facilitar a chegada e a saída aos estabelecimentos de ensino. Nos próximos dias está previsto o lançamento do programa Caminho das Escolas.

O convênio entre o Governo do Distrito Federal (GDF) e a Companhia de Desenvolvimento dos Vales do São Francisco e do Parnaíba (Codevasf) terá, em sua primeira etapa, um investimento de R$ 40 milhões para a melhoria de 20 km de acessos às escolas Almécegas (VC-505), Córrego do Ouro (DF-330), Catingueiro (DF-205), Sonhém de Cima (VC-201), Lobeiral e Queima Lençol (DF-326), em Sobradinho.

O superintendente de obras do DER, Cristiano Cavalcante, reforça: “Essas intervenções vão garantir que as crianças cheguem às escolas com mais segurança, comodidade e, sobretudo, com mais dignidade. Essas obras também proporcionarão maior cuidado em relação à saúde das crianças, que não terão de se preocupar mais tanto com a poeira quanto com a lama”.

*Com informações do DER



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem