Obra em estrada traz alívio para dois núcleos rurais

Uma estrada de terra arrumada que fará diferença tanto no Distrito Federal quanto em Goiás. Comunidades beneficiadas do lado de cá do rio Maranhão, na Fercal, e também do lado de lá, no estado vizinho. E, assim, o GDF Presente encerrou mais uma semana de trabalhos naquela região administrativa.

Com a melhoria na estrada, agricultores que produzem amendoim, milho e mandioca terão mais facilidade de escoar para o DF sua produção, o que antes era dificultado pelas condições da via | Foto: GDF Presente

Operários do Polo Norte do programa e da Administração Regional da Fercal executaram 6 km de terraplanagem e recuperação do sistema de drenagem da pista, uma extensão da DF-250 Leste. Ali, a cerca de 25 km da sede da administração, está o assentamento rural Maranhão, que abriga famílias de chacareiros.

“Fizemos o nosso trabalho e beneficiamos igualmente dois núcleos rurais. Isso é gratificante” Ronaldo Alves, coordenador do Polo Norte do GDF Presente

A via não-pavimentada também dá acesso à comunidade rural do Fundão, na região de Planaltina (GO). Agricultores que cultivam amendoim, milho e mandioca estavam com grande dificuldade de escoar sua produção – muito consumida no DF -, tendo pela frente uma via esburacada e intrafegável.

“Fizemos o nosso trabalho e beneficiamos igualmente dois núcleos rurais. Isso é gratificante”, alegra-se o coordenador do polo, Ronaldo Alves. Um maquinário grande foi usado na ação: cinco caminhões do polo, dois da Novacap, um pá carregadeira e uma patrol.

Segundo o administrador da Fercal, Fernando César Lima, a agricultura familiar é o que alimenta a região. “Ali temos tanto o assentamento Maranhão quanto o Contagem, que também produz banana e grãos”, informa. “Agora, a expectativa é que a prefeitura da cidade goiana continue a recuperação da estrada lá no Fundão”, explica.

Queima Lençol

O núcleo rural Queima Lençol também recebeu os cuidados do GDF Presente. Uma das principais vias de acesso ao local, com 1 km de extensão, será pavimentada com bloquetes e receberá meios-fios. Esta é a primeira de várias estradas que receberão o serviço.

Antes dos bloquetes chegarem, vem a preparação da pista: as equipes começaram a executar a rede de captação de águas pluviais por toda a avenida. Cerca de 2 mil pessoas que vivem no bairro serão beneficiadas.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem