Quadra nova para estudantes da Escola Classe Café Sem Troco

Foi inaugurada na manhã desta sexta-feira (27) a renovada quadra de esportes da Escola Classe Café Sem Troco, na zona rural do Paranoá. O ato contou com a presença da secretária de Educação, Hélvia Paranaguá. A nova quadra era um pedido antigo da comunidade escolar e vai beneficiar os 342 estudantes matriculados.

Durante a inauguração, a secretária de Educação, Hélvia Paranaguá, anunciou a construção de seis salas de aula no terreno da EC Café sem Troco | Fotos: Mary Leal/SEE-DF

A escola fez a cobertura e outras melhorias na quadra esportiva com verbas de emendas parlamentares do Programa de Descentralização Administrativa e Financeira (Pdaf). Além disso, a unidade investiu em equipamentos de ar-condicionado para salas de aula, melhorias no piso e pintura nova. Ao todo, as benfeitorias somaram R$ 500 mil.

“A comunidade do Café Sem Troco é muito criativa e participativa no ambiente escolar. Essa quadra vai estimular ainda mais os eventos escolares e os momentos de lazer promovidos pela própria comunidade. A escola está atraente, linda e bem cuidada”, disse Hélvia Paranaguá.

O coordenador regional de ensino do Paranoá, Ranieri Carneiro, conta que a quadra será muito benéfica para a comunidade. Ele relembra que a cobertura era uma reivindicação da comunidade que já se arrastava há anos.

Na volta às aulas, o colorido da escola rural foi notado por alunos como a pequena Maria Vitória,  do 4º ano:  “Eu achei a escola incrível”

“A comunidade local vive na escola e queremos mesmo que aqui continue sendo um espaço aberto em que construímos as ideias coletivamente”, conta a diretora da EC Café Sem Troco, Sheyla Alves. Ela trabalha no local desde 2010.

Durante a inauguração da quadra, a secretária de Educação do DF também anunciou a ampliação da EC Café Sem Troco, com a construção de mais seis salas de aula no terreno. Isso vai permitir abrir espaço para a chegada de mais 180 estudantes. O processo de licitação está na Companhia Urbanizadora da Nova Capital do Brasil (Novacap) e as obras devem começar em breve.

A escola também tem um laboratório de robótica equipado para trabalhar assuntos de ciências e tecnologias

Os estudantes contam que estão animados com as melhorias na escola. “Eu achei a escola incrível. Toda linda, colorida e com quadra nova. Estava muito animada para rever meus amigos e conhecer minha professora pessoalmente”, descreve Maria Vitória, estudante do 4º ano.

“A escola é minha segunda casa. Estou adorando e amando as aulas e as atividades”, conta Cláudio Manoel, que também está no 4º ano do ensino fundamental.

A fama do ambiente escolar acolhedor e alegre para o trabalho na EC Café Sem Troco vai longe. A professora Sheila Petrusca quis atuar na escola assim que teve oportunidade. “Era meu sonho trabalhar nesta escola. Eu amo o ambiente da área rural e a escola é muito especial. Os alunos e a comunidade são demais”, conta.

Outra colega que partilha dessa paixão pela escola é a pedagoga Keike Ferraz. “Os alunos aqui são diferenciados. Eu até me emociono ao falar. Amo a zona rural e essa comunidade”, diz ela, que mora em Formosa (GO) e foi para unidade neste ano.

A escola também tem um laboratório de robótica equipado para trabalhar assuntos de ciências e tecnologias.

“Essas melhorias vão ajudar bastante no desenvolvimento das crianças na escola. Esse local sempre foi disputado porque a equipe é boa e pela localização próxima para todos que trabalham nas redondezas”, afirma Maria Francisca. Ela mora na comunidade e tem uma filha que está no 7º ano na escola, Kemilly Vitória.

 

*Com informações da Secretaria de Educação



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem