Acessibilidade e internet para pessoas com deficiência

Foto: Renato Alves / Agência Brasília

Pessoas com deficiência e mobilidade reduzida severa terão mais uma opção de transporte gratuito na capital. O Governo do Distrito Federal (GDF) lançou, nesta terça-feira (21), o DF Acessível – programa com 25 vans adaptadas adquiridas pela Sociedade de Transporte Coletivos de Brasília (TCB).

Durante o evento, o poder Executivo local também anunciou o Conecta +, que vai beneficiar mais de 20 mil deficientes físicos de baixa renda com internet 4G. Os lançamentos fazem parte de uma série de ações em comemoração ao Dia Nacional da Luta da Pessoa com Deficiência, celebrado nesta terça-feira (21).

“Hoje é um dia de luta pela valorização e direito das pessoas com deficiência. Carrego esse sentimento desde que fui presidente da OAB-DF [Ordem dos Advogados do Brasil – Seccional do DF], quando criei a primeira comissão de pessoas com deficiência no âmbito nacional”, lembrou o governador Ibaneis Rocha. “Aqui no DF são cerca de 600 mil pessoas que precisam ser olhadas com carinho pela população e pelo governo com mais respeito e atendimento”, destacou.

O GDF lançou, nesta terça-feira (21), o DF Acessível – programa com 25 vans adaptadas adquiridas pela Sociedade de Transporte Coletivos de Brasília (TCB). Durante o evento, também foi anunciado o Conecta +, que vai beneficiar mais de 20 mil deficientes físicos de baixa renda com internet 4G | Fotos: Renato Alves/Agência Brasília

Os veículos do DF Acessível possuem rampa de acesso para cadeira de rodas, ar condicionado, dois box para cadeirantes e cinco assentos. O serviço levará o usuário da porta de casa até o destino escolhido e vice e versa. Os interessados devem fazer o cadastro na sala da TCB e da Secretaria da Pessoa com Deficiência, localizada na Estação 112 Sul do metrô. É preciso apresentar documentação médica. Após a análise dos papéis, os atendimentos serão prestados, inclusive, aos fins de semana.

As vans terão seus itinerários estabelecidos por meio de software e do Sistema de Posicionamento Global (GPS). A TCB pretende atender até 250 pessoas por dia com o serviço

Segundo o secretário da Pessoa com Deficiência, Flávio Pereira, inicialmente, o atendimento será exclusivo para as pessoas com deficiência motora severa, mas a TCB pretende estender o serviço a toda àquela parcela da população. Os motoristas receberão treinamento pelo Serviço Social de Transporte e Serviço Nacional de Aprendizagem (Sest/Senat).

“É um momento histórico, a realização de um sonho. O governador Ibaneis Rocha teve sensibilidade e coragem. São programas que visam transformar vidas e mudar a condição dessas pessoas que estão inseridas no meio social”, ressaltou.

As vans terão seus itinerários estabelecidos por meio de software e do Sistema de Posicionamento Global (GPS). A TCB pretende atender até 250 pessoas por dia com o serviço. O próximo passo será a disponibilização de um aplicativo para acompanhar a localização do veículo. A previsão é de que os primeiros passageiros sejam atendidos ainda no mês de outubro.

A secretária de Desenvolvimento Social (Sedes), Mayara Noronha Rocha, reforçou que as iniciativas estão promovendo a autonomia da população com deficiência. “O mais incrível desses programas é que as pessoas conseguem participar ainda mais das ações sociais da Sedes, por exemplo. Isso porque elas vão poder agendar e ter transporte para chegar até eles”, salientou.

Para o secretário de Economia, André Clemente, as ações também incluem as pessoas com deficiência nas várias áreas da sociedade. “Não só a questão da saúde, mas na educação, esporte, lazer, cultura, religião, entre outras. É todo o governo local unido, com várias secretarias, em prol desse público”, garantiu.

Já o presidente da Câmara Legislativa do DF (CLDF), deputado Rafael Prudente, elogiou a atuação do GDF tanto em relação aos programas sociais quanto à gestão em benefício da população. “Queria reconhecer o esforço do governador Ibaneis Rocha, que não deixou extinguir a TCB e ampliou o escopo de trabalho dela”, completou.

20 mil conectados à internet

Durante o evento, também foi lançado o Conecta +. O programa tem como objetivo a promoção da inclusão digital e social. Os critérios para a participar do programa serão divulgados no site da pasta. De acordo com o secretário de Ciência, Tecnologia e Inovação, Gilvan Máximo, a ideia é facilitar cada vez mais a vida das pessoas que precisam do sinal para se locomover, trabalhar e estudar.

“Estamos fazendo uma revolução tecnológica em Brasília. Isso é inédito no Brasil e só existe em poucas cidades do mundo. A intenção é ampliar para mais pessoas”, adiantou.

Janaína de Jesus, 40 anos, é deficiente física. Ela é uma das beneficiadas do programa Conecta+

Janaína de Jesus, 40 anos, é deficiente física. Ela é uma das beneficiadas do programa Conecta+. “Internet é imprescindível. Eu resolvo tudo por lá, mas é muito caro”, conta a assistente administrativa, “O DF Acessível também será de extrema importância.

Moro em Samambaia Sul e faço tratamento no Plano Piloto, então vai me ajudar muito na questão da locomoção mais independente”, afirma.

“As pessoas com deficiência também são cidadãos que precisam estar conectados. O que o Governo do Distrito Federal está dando para nós é de grande importância e terá um grande resultado para a capital, assim como o DF Acessível que garante o direito de ir e vir deles”, disse o deputado distrital Iolando Almeida.

Também participaram do evento o vice-governador Paco Britto; os secretários José Humberto Pires (Governo), Valter Casimiro (Transporte e Mobilidade), Marcela Passamani (Justiça e Cidadania) e Hélvia Paranaguá (Educação); o diretor da TCB, Chancerley Santana; o diretor da Fundação de Apoio à Pesquisa do DF (FAP-DF), Marco Antônio Costa Júnior; o deputado federal, Julio César; e, o empresário Paulo Octávio.

Comemoração

Para comemorar o Dia Nacional de Luta da Pessoa com Deficiência, a Secretaria da Pessoa com Deficiência promove uma série de atividades, como Exposição de Fotografias Inclusivas; o Cinema Inclusivo; o Dia de Saúde voltado exclusivamente para o segmento; o Dia “D” da Empregabilidade, dentre outros eventos especiais para esse público. As ações podem ser acompanhadas pelo site da pasta.

Com informações da SEPD e da Secti.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem