Candanguinho premia obras inéditas de 30 crianças e jovens

A Secretaria de Cultura e Economia Criativa do Distrito Federal (Secec) divulgou, nesta segunda-feira (13), no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF), o resultado final do Edital n° 5/2021, referente ao I Prêmio Candanguinho de Poesia Infantojuvenil. Foram selecionadas 30 obras inéditas de crianças e jovens entre seis e 17 anos para compor a coletânea de poesias Mala do Livro: uma viagem na cultura, projeto criado há 30 anos na Biblioteca Nacional de Brasília (BNB).

“A grande adesão ao Candanguinho mostra que essa iniciativa estava sendo requerida há muito tempo – um espaço para que crianças e jovens possam se expressar era uma lacuna no DF ”, observa a assessora de Relações Institucionais da Secec, Beth Fernandes. “Por isso, a equipe da BNB envolvida no projeto está muito entusiasmada com os resultados. Esse programa e o prêmio representam um pedacinho de um desafio maior de estímulo à escrita, à leitura e à oralidade que a Secec está construindo.”

As 30 poesias selecionadas serão publicadas em coletânea nos formatos e-book, livro, braille e/ou audiolivro. Além de receberem dez exemplares da obra impressa, os primeiros colocados nas categorias Infantil, Pessoa com Deficiência (PCD) e Juvenil vão ganhar smartphones, tablets e leitores de e-book. Os demais selecionados vão receber certificado de participação e dois exemplares da coletânea.

As crianças e jovens premiados e selecionados serão convidados para o evento de entrega da premiação e lançamento da publicação do livro, previsto para o dia 27 deste mês, em formato presencial. Informações podem ser solicitadas por meio do e-mail premiocandanguinhodepoesia@cultura.df.gov.br, ou pelo telefone (61) 3325-6257.

Confira aqui o resultado do concurso.

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem