Caminhadas estão mais seguras na Candangolândia

No CEF 01, foi construída passagem para delimitar o estacionamento e facilitar a parada de veículos e o transporte escolar | Fotos: Renato Araújo/Agência Brasília

Na pequena cidade onde andar a pé é um hábito diário, as calçadas precisam estar em dia. Pensando nisso, a Administração da Candangolândia iniciou a recuperação de passeios em diversas áreas da região administrativa. Mais de 120 metros já foram refeitos em três quadras e locais de grande circulação, como a Unidade Básica de Saúde 01 (UBS 01) e o Centro de Ensino Fundamental 01 (CEF 01).

O serviço vem sendo executado a partir de demandas feitas na ouvidoria da administração ou após as visitas da equipe técnica que circula pela RA. As calçadas que circundam a UBS, por exemplo, há muito precisavam de reparos. No local de intenso movimento de moradores e servidores, o piso cedeu e os buracos eram grandes. Ali, os operários refizeram 10 metros de calçadas.

“A Candangolândia de hoje tem muitos idosos, a chamada ‘velha guarda’. E temos de oferecer qualidade de vida, evitar que eles caiam, se machuquem” João Dantas, administrador da Candangolândia

Os passeios de um patrimônio antigo da Candangolândia — a Igreja São José Operário — também receberam o serviço.  Feita toda em madeira e construída no mesmo ano que a capital, a paróquia teve seu calçamento danificado por imensas raízes de árvores que avançaram sobre o concreto.

No CEF 01, por sua vez, os trabalhadores construíram uma passagem de aproximadamente 60 metros de comprimento para delimitar o estacionamento e facilitar a parada de veículos e o transporte escolar.

Supervisora da Atenção Primária na UBS 1, Andreia Oliveira, 31, conta que as calçadas que conduzem até o posto de saúde estavam “péssimas”. “Muitas estavam quebradas e outras desniveladas”, revela. E o reparo foi essencial para o público. “Agora, dá para uma cadeira de rodas passar tranquilamente. Temos que garantir segurança aos idosos e crianças que vêm até a unidade”, complementa a técnica em saúde.

As calçadas que circundam a UBS 01 estavam desgastadas pelo intenso movimento de moradores e servidores; agora foram reparadas

Canal aberto

Segundo o encarregado de obras da administração, Francisco de Assis, os locais mais críticos já foram atendidos pela equipe de 25 pessoas, entre funcionários e reeducandos da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape). “Já foram mais de 80 sacos de cimento usados até o momento. Estamos aguardando a chegada de mais insumos para continuar o serviço”, informa.

“A Candangolândia de hoje tem muitos idosos, a chamada ‘velha guarda’. E temos de oferecer qualidade de vida, evitar que eles caiam, se machuquem. Trata-se de uma manutenção preventiva que vamos estender para todos os bairros”, destaca o administrador João Dantas. Ele informa que a Ouvidoria está aberta aos moradores para apontar os locais onde mais calçadas podem ser reparadas.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem