Capacitação gratuita para empresários e colaboradores do DF

“Assumimos a missão de tornar essa jornada ainda mais completa e rica, capacitando e oferecendo qualificação ideal para cada nicho de mercado no qual a empresa está inserida” Márcio Faria, secretário de Desenvolvimento Econômico

Por meio da Secretaria de Desenvolvimento Econômico (SDE) e com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID), o GDF vai investir cerca de R$ 5 milhões para capacitar empresários e colaboradores das empresas locais. A iniciativa deve ser oficializada nesta semana.

O objetivo é ampliar a inovação e aumentar a produtividade dos negócios. Nesta primeira etapa, serão beneficiados prioritariamente trabalhadores e empresas localizadas nas áreas de desenvolvimento econômico de Ceilândia, Gama, Santa Maria e Núcleo Bandeirante. O público em geral dessas regiões administrativas também poderá se inscrever.

Para dar ainda mais incentivo ao setor produtivo, a SDE lançou o Programa de Capacitação para a Inovação de Empresas e Fornecedores do DF – Desenvolve 4.0, que vai ofertar mais cursos presenciais a 300 empresas. Também serão beneficiadas 500 empresas, que poderão escolher entre mais de 30 opções de cursos on-line.

Mentorias

Mas o grande diferencial do Desenvolve 4.0 será a possibilidade que 100 empresas terão de receber um suporte totalmente gratuito por mentorias que vão ajudar os empresários na elaboração de um amplo diagnóstico visando identificar os principais problemas do seu empreendimento. A rede de mentores visitará as empresas durante dois meses, fazendo os diagnósticos dos problemas e orientando os empresários em como fomentar o crescimento do negócio.

O secretário de Desenvolvimento Econômico, Márcio Faria, reforça: “Entendemos que o início da vida empresarial é um momento de maturação, tanto da empresa em si quanto da vida do próprio empresário. Nós da SDE assumimos a missão de tornar essa jornada ainda mais completa e rica, capacitando e oferecendo qualificação ideal para cada nicho de mercado no qual a empresa está inserida, de forma a fomentar o crescimento econômico do DF”.

Por sua vez, o subsecretário de Fomento ao Empreendedorismo, Danillo Ferreira, lembra: “Muitos empresários acreditam que para inovar seus negócios se faz necessário investir muito dinheiro nesse processo, mas a inovação pode vir de todos os lugares, como inovação em processos, produtos ou simplesmente inovar buscando uma mentalidade mais empreendedora. E é isso que esse projeto possibilita”.

Colaboradores

3.840 vagas estarão disponíveis para 29 cursos de iniciação e aperfeiçoamento profissional

A etapa de qualificação profissional do Programa de Desenvolvimento Econômico do Distrito Federal (Procidades) é realizada pela SDE, em parceria com a Secretaria do Trabalho (Setrab) e executada pelo Serviço Nacional de Aprendizagem Industrial do DF (Senai). A iniciativa tem entre os principais objetivos qualificar tecnicamente trabalhadores para melhorar a produtividade e a qualidade dos serviços das empresas.

Com o projeto, são oferecidas 3.840 vagas para 29 cursos de iniciação e aperfeiçoamento profissional nas áreas de alimentos, construção civil, eletroeletrônica, gestão e logística, manutenção automotiva, meio ambiente, operação de injetoras para termoplásticos, tecnologia da informação e vestuário. A carga horária dos cursos varia entre 60 a 140 horas, com entrega de certificado para os concluintes. Os cursos serão semipresenciais, a critério do Senai.

Serão ofertadas ainda 140 vagas para certificação de pessoas nas áreas de edificações, meios de hospedagem, vestuário e de alimentos e bebidas. Nesse caso, o foco é reconhecer que uma pessoa tem a qualificação necessária para o exercício da profissão em determinada ocupação, por meio de provas que podem ser escritas e/ou práticas, de acordo com a ocupação pretendida.

Empresas interessadas nos cursos do Desenvolve 4.0 podem acessar o site do programa e analisar as opções. Já os interessados em receber as mentorias devem entrar em contato, por WhatsApp, com o número (61) 99514-5259.

Para maiores informações e inscrições, basta acessar o site da Setrab.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Econômico



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem