Edital abre vaga para especialista em cultura africana

Termina no próximo dia 24 o prazo de inscrição para interessados em ocupar a vaga de consultor individual para a identificação, reconhecimento e valorização de expressões culturais de matriz africana no DF e entorno. O Edital 03/2021, que prevê a contratação desse profissional, foi recentemente publicado no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF).

O chamamento é instrumento de cooperação técnica entre a Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco), a Agência Brasileira de Cooperação (ABC) e a Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec).

Os interessados devem ter nível superior em antropologia, história, sociologia, ciências sociais, ciências humanas ou áreas afins

O projeto contará com atividades de alinhamento com a equipe da Subsecretaria do Patrimônio Cultural para a pesquisa, levantamento de estudos, análise de pedido de reconhecimento e qualificação de demandas para propor critérios e diretrizes de identificação, classificação, valorização e salvaguarda de terreiros e bens culturais vinculados.

Os interessados devem ter nível superior em antropologia, história, sociologia, ciências sociais, ciências humanas ou áreas afins. É desejável que o concorrente possua pós-graduação e experiências comprovadas em elaboração e desenvolvimento de políticas públicas, análise de atividades práticas nos campos do patrimônio imaterial e da identificação e valorização de grupos que perpetuam e transmitem conhecimentos tradicionais de matriz africana.

O profissional também deve possuir, no mínimo, um ano de experiência comprovada na área de projetos e/ou planejamento e gestão do patrimônio cultural, assim como em estudos acadêmicos, técnicos, artísticos e culturais.

Os candidatos devem preencher o formulário de inscrição e enviá-lo ao e-mail prodoc@cultura.df.gov.br junto ao currículo elaborado de acordo com o modelo da Unesco, indicando, no assunto do e-mail, o número do edital e o nome do perfil desejado – Edital 03/2021: Identificação, reconhecimento e valorização de expressões culturais de matriz africana no DF e Entorno.

Mais informações sobre o edital podem ser obtidas no site da Unesco na internet.

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa do DF



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem