Prêmio Mulher Negra seleciona 30 trajetórias de destaque

“As selecionadas representam com excelência a força da arte negra feminina do DF” Sol Montes, subsecretária de Difusão e Diversidade Cultural

Trinta agentes culturais negras das mais diversas regiões administrativas (RAs) do Distrito Federal tiveram suas trajetórias artísticas reconhecidas por atuação, contribuição sociocultural às comunidades em que atuam e realização de ações afirmativas. A Secretaria de Cultura e Economia Criativa (Secec) publicou no Diário Oficial do Distrito Federal (DODF) desta terça-feira (19) o resultado final de mérito do Prêmio Semana da Mulher Negra.

Iniciativa da Subsecretaria de Difusão e Diversidade Cultural (SDDC), o certame vai pagar R$ 5 mil a cada uma das selecionadas. Haverá ainda uma cerimônia de premiação, com entrega de troféus e atrações musicais, prevista para novembro, mês em que se comemora o Dia da Consciência Negra (20/11).

“Esse prêmio é só um símbolo do compromisso da Secec com a valorização da diversidade que existe na cultura”, disse a titular da SDDC, Sol Montes. “As 30 selecionadas, em seu conjunto, representam com excelência a força da arte negra feminina do DF.”

As mais diversas linguagens artísticas estão presentes na lista final que contém as 30 mulheres negras selecionadas. O chamamento público contemplou artistas das áreas de artes plásticas e visuais, dança, teatro, música, artesanato, audiovisual, literatura, cultura popular e manifestações tradicionais. Foram ainda incluídos segmentos pouco visíveis, como capoeira, moda, grafite, tatuagem e batalha de rima, entre outros.

Das 30 selecionadas, dois terços nunca haviam ganho premiações da pasta, ultrapassando a exigência de 20% estipulada em edital. Com cerca de 80% das artistas selecionadas residindo em RAs fora do Plano Piloto, os objetivos de descentralização e democratização almejados pela Secec foram atingidos.

As candidatas premiadas devem encaminhar, no prazo de dez dias contados da publicação do resultado final, ao e-mail difusaoediversidadedf@gmail.com, os seguintes documentos enumerados no item 7.1 do edital:

  • I – Cópia de documento de identificação com foto e data de nascimento;
  • II – Declaração de dados da conta bancária em que deve ser depositado o valor do prêmio;
  • III – No caso de inscrição realizada por terceiro, deve haver carta de anuência da personalidade indicada;
  • IV – Declaração em que indica os dados da conta bancária em que deve ser depositado o valor do prêmio;
  • V – Declaração de que não incorre nas vedações previstas no Artigo 9º da Lei nº 8.666, de 21 de junho de 1993, e no Artigo 1º do Decreto nº 39.860, de 30 de maio de 2019;
  • VI – Declaração de que não incorre nas vedações previstas relativas ao Artigo 8º do Decreto nº 32.751, de 4 de fevereiro de 2011;
  • VII – Declaração de não ser agente público efetivo ativo ou ocupante de cargo em comissão na Secec;
  • VIII – Declaração de não ser membro titular ou suplente do Conselho de Administração do Fundo de Apoio à Cultura (Cafac) ou do Conselho de Cultura do Distrito Federal (CCDF);
  • IX – Declaração de não possuir integrante(s) da família que seja(m) agente(s) público(s) efetivo(s) ativo(s) ou ocupante(s) de cargo em comissão da Secec, membro (titular ou suplente) do Conselho de Administração do FAC ou membro (titular ou suplente) do CCDF, conforme as vedações relativas a nepotismo previstas no Artigo 8º do Decreto nº 32.751, de 4 de fevereiro de 2011.

Informações e esclarecimentos podem ser solicitados pelo mesmo e-mail ao qual devem ser encaminhados os documentos.

Conheça aqui a lista de mulheres selecionadas.

*Com informações da Secretaria de Cultura e Economia Criativa



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem