Evento contribui para aprimorar política de segurança alimentar

A 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional aprovou 80 propostas para aprimorar a política de garantia ao direito da população do Distrito Federal a uma alimentação adequada. Entre as sugestões, estão, especialmente, medidas para fortalecer a agricultura familiar no DF.

“Entre os diversos temas de grande relevância discutidos nessa conferência, destaco a questão das políticas públicas que alcançam a agricultura familiar em diversos aspectos, na correlação com a agroecologia, como o Programa Nacional de Alimentação Escolar (Pnae) e a política distrital, e com o fomento de atividades como as cestas verdes e programas da aquisição de alimentos”, afirma o presidente do Conselho Nacional Segurança Alimentar e Nutricional do DF (Consea-DF), José Ivan Mayer de Aquino.

Em formato on-line, devido à pandemia do covid-19, a Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional é a oportunidade de a população contribuir para apresentar à gestão ações condizentes com as demandas de cada comunidade.

“Além das 38 propostas aprovadas na pré-conferência, recebemos manifestações de representantes da comunidade negra e LGBTQIA+ com propostas para atendimento à diversidade”, complementou José Ivan.

Cerca de 200 pessoas participaram dos dois dias de encontro, quinta (25) e sexta-feira (26), nos três eixos temáticos. Todo o processo foi organizado por representantes da sociedade civil, usuários da política, gestores e integrantes do governo no Consea-DF.

“Novas políticas hoje bem-sucedidas, como é o Cartão Prato Cheio e alimentação saudável nas cantinas das escolas, por exemplo, surgiram em debates como esse. Por isso, nossa equipe viabilizou no ano passado a retomada do Consea-DF, que estava parado desde fevereiro de 2019”, pontua a secretária de Desenvolvimento Social, Mayara Noronha Rocha.

Pré-conferência

O processo preparatório da 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional começou em outubro, com um seminário virtual de contextualização para apresentar os dados oficiais e o diagnóstico da atual situação da segurança alimentar e nutricional do DF, com base em indicadores de pesquisas e estudos sobre o tema.

A partir desse seminário, começaram os preparativos para viabilizar a Pré-Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional, realizada no último dia 11.

Segundo o presidente do Consea-DF, a ideia é apresentar o relatório da 5ª Conferência Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional para a gestão da Secretaria de Desenvolvimento Social (Sedes) nas primeiras semanas de dezembro.

“O material vai servir de base para propor diretrizes e prioridades da política e do III Plano Distrital de Segurança Alimentar e Nutricional para os próximos dois anos. O plano será elaborado posteriormente pela Câmara Intersetorial de Segurança Alimentar e Nutricional (Caisan-DF), composta por integrantes dos órgãos do GDF”, concluiu José Ivan Mayer de Aquino.

*Com informações da Secretaria de Desenvolvimento Social do DF



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem