Mil jovens participam de Feira de Oportunidades em Ceilândia

Além dos bate-papos, a feira também contou com oficinas sobre empreendedorismo, workshop sobre finanças pessoais e capacitação para os que buscam o primeiro emprego| Foto: Divulgação/Sejuv

A etapa presencial do projeto Jovem Protagonista movimentou o Centro Educacional (CED) 16 de Ceilândia, de sexta (5) a domingo (7), com a Feira de Oportunidades. A iniciativa surgiu com o objetivo de apresentar oportunidades aos jovens, por meio do incentivo à liderança, ao empreendedorismo e à empregabilidade, para que eles sejam protagonistas de suas próprias vidas e das comunidades em que vivem.

Além dos bate-papos, a feira também contou com oficinas sobre empreendedorismo, workshop sobre finanças pessoais e capacitação para os que buscam o primeiro emprego| Foto: Divulgação/Sejuv

O evento ofereceu atividades presenciais com o intuito de beneficiar a população jovem da cidade. O primeiro dia contou com uma programação repleta de bate-papos com profissionais renomados do Centro Universitário Iesb, que compartilharam suas experiências e esclareceram as dúvidas sobre a carreira profissional de suas respectivas profissões. Além dos bate-papos, a feira também contou com oficinas sobre empreendedorismo, workshop sobre finanças pessoais e capacitação para os que buscam o primeiro emprego.

“O projeto Jovem Protagonista é uma ação que tem o poder de mudar o destino dos jovens que são alcançados e é com imensa gratidão que realizamos essa entrega. Aqui podemos mostrar referenciais para que cada participante possa se inspirar e, assim, tomar boas decisões que corroborem para um futuro de sucesso” Luana Machado, secretária de Juventude

Os jovens puderam participar, ainda no primeiro dia, da “papolestra” com convidados especiais, entre eles, a secretária de Juventude do Distrito Federal, Luana Machado; o vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Rodrigo Delmasso; o coordenador da Regional de Ensino da Ceilândia, Carlos Ney Menezes, e o diretor da escola, Wellington Germano.

“O que eu aprendi na juventude que me trouxe até aqui?” foi o tema da conversa com os convidados. Cada um deles contou aos participantes sobre suas vivências durante a juventude até o presente momento, suas escolhas na área acadêmica e seus desafios no mercado de trabalho. A ocasião ficou marcada pela interação entre todos os presentes, momento em que os jovens puderam fazer perguntas e ter um espaço para contar as suas expectativas para o futuro.

Na oportunidade, a secretária de Juventude, Luana Machado, contou aos jovens um pouco sobre a sua jornada: “Sempre tive muitos sonhos, um deles era o de viajar. Meus pais não tinham condições financeiras de me ajudar, então decidi que eu seria protagonista desse sonho e foi assim que comecei a vender brigadeiros. Por meio dessas vendas, custeei as minhas primeiras viagens, ainda muito nova.  Ingressei na Universidade de Brasília e continuei vendendo os doces para arcar com o custo dos livros. Conto isso para vocês porque acredito que todos aqui são capazes de alcançar seus sonhos, basta acreditar e trabalhar por isso”, incentivou.

Os jovens também puderam participar de mentorias sobre as profissões do futuro e empreendedorismo digital| Foto: Divulgação/Sejuv

A chefe da pasta falou, ainda, da importância na promoção dessas atividades. “O projeto Jovem Protagonista é uma ação que tem o poder de mudar o destino dos jovens que são alcançados e é com imensa gratidão que realizamos essa entrega. Aqui podemos mostrar referenciais para que cada participante possa se inspirar e, assim, tomar boas decisões que corroborem para um futuro de sucesso”, finalizou.

O vice-presidente da Câmara Legislativa, deputado Rodrigo Delmasso, contou aos jovens sobre os preconceitos que sofreu e a volta por cima que deu. “Passei por situações em que fui desacreditado por vários motivos, inclusive pelo local onde morei, mas, na minha caminhada, também encontrei pessoas que viram um potencial em mim que nem eu mesmo achava que poderia ter. O que me fez chegar onde estou foi acreditar nos meus sonhos, seguir em frente mesmo diante das dificuldades e me reinventar quando foi necessário”, concluiu.

Balanço

No segundo e no terceiro dia do evento foram ministradas palestras por parceiros –  o Instituto Mundial para as Relações Internacionais, idealizador do projeto, além do Brasil Startups, Sebrae, Instituto Fecomércio, Iesb e Instituto Sicoob – com temas variados, como orientação vocacional, elaboração eficaz de currículo e procedimentos para abertura de empresas.

Além disso, os jovens puderam participar de mentorias sobre as profissões do futuro e empreendedorismo digital e de oficinas de robótica e batalha de robôs. Vale lembrar que, durante os três dias de feira, ficaram disponíveis estandes fixos que permitiram aos jovens acessos a vagas disponíveis de estágios no DF.

Passaram pela Feira de Oportunidades mais de mil jovens, entre eles Yasmin Rodrigues, 17 anos, que contou sobre a sua experiência participando das atividades disponibilizadas no evento: “Esse projeto me permitiu ter acesso a profissionais incríveis e, por meio deles, pude tirar dúvidas e aprender sobre assuntos que eu jamais imaginei ter acesso.  Me senti acolhida por toda equipe, foram prestativos e se dispuseram a nos ensinar e mostrar que é possível alcançarmos nossos sonhos, desde que estejamos dispostos a estudar e trabalhar por isso. Saio daqui muito confiante e grata”, comemorou.

O projeto foi viabilizado por meio de emenda parlamentar do vice-presidente da Câmara Legislativa do Distrito Federal, deputado Rodrigo Delmasso.

*Com informações da Sejuv



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem