Parque Águas Claras recebe mil mudas neste domingo

O Parque Ecológico de Águas Claras vai receber, neste domingo (28), cerca de mil mudas de espécies nativas do bioma cerrado. O plantio será feito pelo grupo de voluntários do parque, com apoio dos agentes de unidades de conservação (UC) do Instituto Brasília Ambiental, que atuam no espaço natural.

O objetivo do plantio neste domingo é proteger a beirada do córrego Águas Claras, uma espécie de mata ciliar | Foto: Divulgação/Instituto Brasília Ambiental

De acordo com o agente do Parque Águas Claras, José Reis, este será o segundo plantio na unidade, realizado pelos voluntários. “Tem como objetivo proteger a beirada do córrego Águas Claras, uma espécie de mata ciliar”, explica.

28 mil é o número médio de visitantes que o Parque Águas Claras recebe mensalmente

O grupo de voluntários do parque atua de forma organizada, planejando os plantios com objetivos pré-definidos. “No ano passado, em novembro, os plantios realizados construíram o Bosque dos Voluntários. Este ano visa à proteção do córrego”, enfatiza Reis.

“Estamos formando bosques em lugares onde eles são necessários. O plantio deste ano será sempre monitorado. As mudas que se perderem serão repostas, será feito combate às formigas e manutenção de capina para evitar que os tratores quebrem as mudas. O plantio estará sempre acompanhado pelos voluntários até as plantas se consolidarem”, esclarece.

Entre as espécies que serão plantadas há jenipapo, copaíba, aroeira, xixá, jatobá, jerivá e angico. Todas as mudas foram produzidas no viveiro do próprio parque ecológico, que tem capacidade de produzir 20 mil mudas anualmente.

Proteção

O Parque Ecológico de Águas Claras foi criado pela Lei Complementar nº 287, com o objetivo de proteger o acervo genético de flora e fauna nativas da região, áreas de nascentes e recargas de aquíferos, proporcionando a realização de atividades voltadas para a educação ambiental, cultural e de lazer.

O espaço ecológico, com 86 hectares, possui trilhas para caminhadas, quadras de voleibol e futevôlei, Escola da Natureza, Centro de Referência em Educação Ambiental, floresta preservada com riachos e dois lagos, entre outros atrativos. Funciona todos os dias da 6h às 22h e recebe uma média de 28 mil visitantes por mês.

 *Com informações do Instituto Brasília Ambiental



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem