Produtores de Águas Emendadas recebem 1,5 mil mudas de árvores nativas

Cerca de 1,5 mil mudas de árvores nativas do cerrado foram entregues a produtores rurais do entorno da Estação Ecológica das Águas Emendadas (Esecae), em Planaltina (DF). Esta foi a primeira entrega, que contemplou as comunidades rurais de Bonsucesso e Quintas do Maranhão. Outras 1,5 mil serão destinadas, na próxima sexta-feira (19), a produtores de Quintas do Vale Verde e Jardim Morumbi.

Para os filiados a entidades da região, a iniciativa foi ao encontro do desejo da comunidade, que é de preservar a vegetação local | Fotos: Divulgação/Emater-DF

A ação foi realizada por meio de uma iniciativa de uma associação informal que atua no local, a Guardiões das Águas Emendadas (GAE), em parceria com a Emater-DF, a Secretaria de Agricultura (Seagri) e o Instituto Brasília Ambiental (Ibram), para reflorestar a região.

“Essa ação teve o intuito de facilitar o acesso dos produtores e, assim, conseguir que um maior número de mudas fosse distribuído”, Gesinilde Radel Santos, extensionista da Emater em Planaltina-DF

A distribuição coletiva das mudas, que teve sua primeira parte entregue na sexta (12) foi um pedido dos GAE à Emater-DF. De acordo com a extensionista do escritório da Emater de Planaltina, Gesinilde Radel Santos, normalmente, para conseguir mudas, os agricultores precisam procurar a empresa e preencher um formulário específico do programa Reflorestar, que entrega as mudas desde que o agricultor vá buscá-las.

Desta vez, além de o pedido ser coletivo, a entrega também o foi, já que o programa Reflorestar se encarregou de levar as mudas até um ponto de distribuição, facilitando o transporte pelos agricultores. “Essa ação teve o intuito de facilitar o acesso dos produtores e, assim, conseguir que um maior número de mudas fosse distribuído”, explicou Gesinilde.

Comunidade atendida

No total, 74 produtores demonstraram interesse em receber as plantas nesta sexta. Entre eles, estava a presidente da Associação Comunitária de Micro Produtores do Núcleo Rural Bonsucesso, Vanusa Fernandes dos Santos. “Com as 50 mudas que recebi, vou recompor a minha reserva legal, que já tem mudas plantadas”, disse.

De acordo com Vanusa, essa ação veio ao encontro do desejo da comunidade de preservar a vegetação da região. “Que esse seja o primeiro de muitos projetos, porque precisamos ter consciência sobre nossa parte na conservação da água e da vegetação dessa região”, afirmou.

Morador do Núcleo Rural Bonsucesso, o coordenador da entidade Guardiões das Águas Emendadas (GAE), Marcelo Benini, celebrou o sucesso da ação: “Aqui na comunidade sempre tivemos a preocupação com a preservação ambiental, porque esta é uma área de grande sensibilidade ambiental”.

Como órgão gestor da Esecae, o Brasília Ambiental também prestigiou a entrega das mudas. “Aceitamos o convite para apoiar essa ação e estamos abertos a apoiar todas as iniciativas que visem preservar a zona de abastecimento da estação ecológica”, garantiu o administrador de unidade de conservação do Ibram, Gesisleu Darc.

Moradora de Bonsucesso e secretária da associação, Conceição Irineu elogiou a parceria: “Só tenho à agradecer a Emater-DF, à Seagri, ao Brasília Ambiental e aos GAE, porque essa ação só fortalece o pensamento que a gente tem aqui de preservar”, disse.

*Com informações da Emater-DF



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem