Webinar discute direitos e cidadania da população negra

Em alusão ao Dia Nacional da Consciência Negra, celebrado em 20 de novembro, a Secretaria de Justiça e Cidadania (Sejus) vai realizar um webinar para promover a reflexão sobre igualdade, respeito, direitos e cidadania da população negra. O evento virtual será nesta segunda-feira (22), às 16h30, ao vivo no canal da Sejus no YouTube.

“Essa é mais uma oportunidade enriquecedora que temos para escutar sobre o que de fato precisamos fazer, e assim transformar a vida dessas pessoas com mais políticas públicas, respeito, igualdade, amor e cidadania” Marcela Passamani, secretária de Justiça e Cidadania

“Essa é mais uma oportunidade enriquecedora que temos para escutar sobre o que de fato precisamos fazer, e assim transformar a vida dessas pessoas com mais políticas públicas, respeito, igualdade, amor e cidadania. Por isso, é importante e necessário que todos participem desse momento de reflexão”, convida a secretária Marcela Passamani.

A programação inclui palestras com o presidente do Conselho Deliberativo do ESG Racial do Instituto para o Desenvolvimento do Investimento Social, Hélio Santos; a presidente da Comissão Nacional de Promoção da Igualdade Racial da OAB, Silvia Cerqueira; o fundador da Fundação Cultural Palmares, Carlos Moura; e a procuradora da Universidade Federal do Paraná, Dora Lúcia Bertúlio.

A mediação do webinar ficará por conta da coordenadora de Políticas de Promoção e Proteção dos Povos e Comunidades Tradicionais e Igualdade Racial, Edcleide Honório.

A Sejus também marcou o Dia da Consciência Negra nesse sábado (20) com músicas, oficinas, Cine-Debate e feira solidária durante o evento Cultura e Consciência, no CEU das Artes, em Ceilândia Norte.

“Fizemos um pacote de ações, neste ano, para fortalecer a cidadania da população negra, que, além de tudo, inclui a criação do Conselho de Igualdade Racial no DF, a celebração do Dia da Favela e da Consciência Negra. E continuaremos trabalhando para ampliar essas políticas públicas no DF”, destaca o subsecretário de Direitos Humanos e Igualdade Racial da Sejus, Juvenal Araujo.

*Com informações da Secretaria de Justiça e Cidadania

 



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem