Clima de Natal em ensaio no Hospital Regional de Ceilândia

A magia e o clima do Natal tomou conta da Unidade de Neonatologia do Hospital Regional de Ceilândia (HRC), nos dias 21 e 22 de dezembro. Um ensaio fotográfico realizado com 21 bebês internados no local coloriu as instalações e emocionou mamães e equipe.

O pequeno Nicolas Rocha Mrad está internado há dois meses na unidade. “É um presente essas fotos. É uma amostra de que eles fazem tudo com amor e carinho”, diz Jannine Silva Mrad, mãe de Nicolas | Foto: Ricardo Khalil Lamia

O projeto teve início em 2018 e foi idealizado pela técnica de enfermagem Margarete Martins dos Santos – responsável pelo envolvimento de toda a equipe na ação – em conjunto com a supervisora de enfermagem, Raíssa Alves de Sousa. “O objetivo é levar amor e esperança para a família dos pacientes internados. Cada detalhe é sonhado e materializado por toda equipe da unidade”, revela Raíssa.

Ela diz que uma força-tarefa é feita para confeccionar as fantasias, fazer as filmagens e transmitir um sentimento de amor a todos os envolvidos. A temática deste ano foi “O meu primeiro Natal” e o cenário trazia o presépio natalino com os bebês como protagonistas da história.

As fotos foram tiradas pelo pediatra neonatologista da unidade Ricardo Khalil Lamia, que compartilha a alegria que toma conta do ambiente, contagiando as mães e a equipe. “Elas nos emocionam, ao mesmo tempo em que também ficam emocionadas. Saímos do lado de cuidadores para apoiadores, em um momento de fragilidade que é acompanhar o bebê internado”, relata o médico, que diz ter a fotografia como hobby.

Para a mamãe Jannine Silva Mrad, 35 anos, moradora de Ceilândia Norte, foi uma honra participar do ensaio. Com o pequeno Nicolas Rocha Mrad internado há dois meses na unidade, a promotora de vendas diz se sentir acolhida por toda a equipe do HRC desde o nascimento do bebê, em 11 de outubro deste ano. “Agradeço a eles por essa preocupação com os nossos filhos. Eu não esperava isso, é um presente essas fotos. É uma amostra de que eles fazem tudo com amor e carinho”, avalia.

O projeto tem a parceria do grupo de artesãs Quadradinhos de Amor e de voluntárias que confeccionam as roupas usadas pelos bebês. A parte de decoração fica a cargo da técnica de enfermagem Enésia Chaves. “E toda a equipe auxilia, nos bastidores, posicionando os bebês para o ensaio. A emoção toma conta do ambiente”, comenta Raíssa.

*Com informações da Secretaria de Saúde

 



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem