Escola Superior de Ciências da Saúde forma 60 enfermeiros

Em cerimônia realizada na quinta-feira (16), 60 formandos do curso de enfermagem participaram da colação grau pela Escola Superior de Ciências da Saúde (Escs). O evento contou com a participação do secretário de Saúde, Manoel Pafiadache, que cumprimentou os futuros enfermeiros.

Novos profissionais passaram quatro anos em formação na escola, que é ligada à Secretaria de Saúde e também oferece curso de medicina | Foto: Breno Esaki/Agência Saúde

“Foi Deus que escolheu vocês”, disse. “Vocês têm um gene humanitário diferenciado, não tenho dúvida disso. Vocês se destinam agora àquilo que escolheram. Com o dedo de Deus, logo estarão dando o melhor nos nossos hospitais da rede ou em outros estabelecimentos de saúde. Desejo a todos os formandos uma bela vida pela frente. Com seus familiares, seus maridos, esposas, filhos e com seus pacientes. Que Deus os proteja sempre. Um feliz Natal e uma grande entrada de ano para vocês.”

À formanda Letícia Guiomar Silva Monteiro coube o papel de representar a turma durante a cerimônia.  “A caminhada para nós foi dura, mas seguir, apesar das incertezas, é o que temos feito com maestria durante esses quatro anos”, declarou ela. “E finalmente aqui chegamos, com muita luta e resiliência”.

Curso de enfermagem

O curso de enfermagem da Escs iniciou suas atividades em setembro de 2008 adotando uma proposta metodológica inovadora, voltada à a formação do perfil profissional desejado para o fortalecimento da saúde pública. São quatro anos de formação, durante os quais os estudantes são inseridos precocemente em atividades práticas, sob supervisão.

O modelo pedagógico é caracterizado por três princípios: aprendizagem centrada no estudante, ensino baseado em problemas e orientação à comunidade. A organização dos conteúdos está sustentada na transdisciplinaridade e interdisciplinaridade, tendo como eixos transversais a ética, o processo saúde/doença, a comunicação e o trabalho de equipe.

A Escs

Mantida pela Fundação de Ensino e Pesquisa em Ciências da Saúde (Fepecs), a Escs completou 20 anos em setembro. Durante esse tempo, a instituição já graduou 1.104 médicos e mais de 500 enfermeiros, além de 134 mestres e 12 doutores e mais de 6 mil especialistas nos programas de pós-graduação lato sensu, 127 mestres e sete doutores na pós-graduação stricto sensu.

É a única escola do país que tem cursos de medicina e enfermagem ligados a uma secretaria de Saúde. Atualmente, a Escs conta com quase 800 estudantes de graduação nessas duas áreas.

*Com informações da Secretaria de Saúde



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem