Presos escrevem carta para homenagear profissionais de saúde

Movidos pelo espírito natalino e pelo sentimento de solidariedade que a época representa, custodiados da Penitenciária do Distrito Federal II (PDFII), localizada no Complexo Prisional da Papuda, em São Sebastião, resolveram expressar toda a gratidão e carinho junto à equipe de saúde que atua na unidade prisional.

De acordo com dados da Secretaria de Administração Penitenciária (Seape-DF), somente no mês de outubro, mais de mil atendimentos foram realizados com os reeducandos da PDFII.

Para o diretor da unidade, o policial penal Fábio Júnior dos Santos, o gesto dos reeducandos é reflexo da qualidade dos serviços prestados. “Tanto nós, da Polícia Penal, quanto os profissionais de saúde que aqui atuam, sempre procuramos fazer o melhor trabalho possível, garantindo a entrega de serviços da mais alta qualidade”, destaca o gestor.

Entre as especialidades oferecidas pela Gerência de Atendimento ao Interno (Geait), estão enfermagem, clínica médica, odontologia, psicologia/psiquiatria e assistência social. O trabalho é fruto da parceria entre a Seape e Secretaria de Saúde, que disponibiliza equipe multidisciplinar para atuar em todas as unidades prisionais.

Orientação

Além da parte médica, a Geait, rotineiramente, desenvolve palestras e acompanha grupos que têm como objetivo a conscientização dos reeducandos sobre os malefícios do uso de drogas e entorpecentes. Os profissionais também são responsáveis pela realização de atividades voltadas à prevenção de doenças sexualmente transmissíveis e ao HIV/Aids.

A equipe faz, ainda, o acompanhamento ambulatorial de presos acometidos por doenças crônicas como hipertensão, hepatite, tuberculose e diabetes.

Segurança máxima

As Penitenciárias do Distrito Federal I e II (PDFs I e II) são unidades de segurança máxima do sistema penitenciário local. O espaço é destinado a custodiar pessoas privadas de liberdade, do sexo masculino, que cumprem pena em regime fechado.

*Com informações da Secretaria de Administração Penitenciária



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem