Já passam de R$ 53,4 milhões as indicações do Nota Legal

Com a prorrogação de mais alguns dias para os contribuintes utilizarem os créditos do Nota Legal, o programa já registra R$ 53,4 milhões indicados para descontos em impostos – valor acumulado até a manhã desta quinta(3). A indicação para descontos em 2022 começou em 4 de janeiro e foi estendida até sexta (4).

Desde 2020, os créditos do Nota Legal só podem ser utilizados para abatimentos de impostos do próprio contribuinte, não sendo permitida a indicação para bens de terceiros. Caso o contribuinte não tenha veículos ou imóveis em seu nome, ou ainda se preferir o depósito, é possível solicitar os créditos em dinheiro. O período de indicação para essa modalidade vai até junho.

Foram registradas 252.595 indicações para descontos em impostos até a manhã desta quinta (3)

Descontos

Além do desconto do Nota Legal, os contribuintes que fizerem o pagamento em cota única terão abatimento de 10% no valor dos tributos. O desconto para pagamento à vista era de 5%, mas foi ampliado pela Secretaria de Economia (SEE) neste ano. Para quem optar pelo parcelamento, o imposto poderá ser pago em seis parcelas.

Até a manhã desta quinta-feira, já haviam sido feitas 252.595 indicações para descontos em impostos. Os números ainda vão aumentar, e podem ser acompanhados no portal da Seec, bem como no site da Receita do DF. Basta clicar na ferramenta Notômetro.

*Com informações da Secretaria de Economia

The post Já passam de R$ 53,4 milhões as indicações do Nota Legal appeared first on Agência Brasília.



Fonte: Agência Brasília

Postar um comentário

Postagem Anterior Próxima Postagem